Como Enviar Uma Newsletter Digital

À medida que cresce de forma alucinante o mercado da Internet, aumentam as possibilidades de fazer marketing digital na sua empresa. Uma delas, o envio de newsletters eletrónicas por email, é simples, rápida, económica e eficaz. Se ainda não utiliza esta forma de comunicação bem-sucedida, siga as etapas deste artigo!

Uma newsletter eletrónica é um documento informativo digital criado para promover um determinado conteúdo, produto ou serviço, cujo envio é processado através de correio eletrónico para uma lista de endereços de email constituída pelos registos dos donos dessas contas. É um ótimo veículo de comunicação que não usa intermediários com o público consumidor. É também uma excelente opção de marketing para fomentar o relacionamento com clientes e potenciais clientes de uma forma mais leve e mais próxima.

newsletter

Ao contrário dos emails promocionais, a newsletter não se limita a ofertas específicas. Pode promover um produto ou serviço, sim, mas vai mais longe e publica também artigos diversos sobre o setor de atividade e a empresa.

Deste modo, não há nada como usar uma newsletter digital para as comunicações da sua empresa! Os custos são mínimos, a facilidade e rapidez de implementação é grande, é possível o contacto frequente com os clientes, a segmentação eficaz e ainda se consegue medir com precisão os resultados! É fácil saber quem abriu o email, quem leu, quem clicou nos links e quem comprou.

No entanto, apesar de todas estas vantagens, algumas empresas ainda não tiram partido de uma newsletter digital. E as que tiram nem sempre atendem a algumas dicas básicas e importantes para o sucesso da comunicação: como enviar apenas para quem deseja receber informação, usar um título chamativo e layout apelativo, entre outros aspetos.

Assim, listamos de seguida algumas etapas para elaborar uma newsletter digital capaz de conquistar e fidelizar clientes, ampliar a imagem da sua empresa, motivar os colaboradores e gerar tráfego para o site institucional.

Como Enviar Uma Newsletter Digital

1. Agrupar uma lista de emails de clientes e potenciais clientes. Tenha em conta que essa base de dados dever ser constituída apenas com os contactos de quem está interessado em receber informação da sua empresa.

2. Escolher o serviço de envio da newsletter digital. Atenção que é praticamente impossível usar as contas de correio eletrónico comuns para um envio deste género, com um número elevado de contactos, pelo que convém recorrer a serviços externos.

3. Planear cada edição da newsletter antecipadamente. Decida quais são as características e funcionalidades que pretende explorar na newsletter: tipo de conteúdo, modelo, design, inclusão de links, etc.

4. Estudar as melhores soluções para apresentar o conteúdo desejado. Aqui deve ter em conta uma série de fatores, nomeadamente o público-alvo e os objetivos que pretende atingir. Já sabe que o visual deve ser apelativo, adequado ao assunto e ao público-alvo, mas não pode descuidar-se na importância do conteúdo escrito que, em última análise, é o principal meio para obter os resultados que ambiciona.

5. Procurar manter-se atualizado. Faça pesquisas periódicas para perceber quais são os desejos e expectativas dos consumidores em relação à newsletter e, se necessário, vá fazendo adaptações.

6. Usar um layout que seja coerente com o site da empresa. Os consumidores devem identificar visualmente a proveniência da newsletter.

7. Apostar na simplicidade do layout. Atenção que o HTML de um email não é igual ao HTML de um site. Se o seu template for muito complexo aumenta a probabilidade de existirem problemas na forma como cada serviço encaminha a mensagem e pode potenciar a quebra do layout. Por isso use um design simples e evite diversas opções numa única sequência. Confundem o leitor e diminuem o número de cliques. Um layout simples de tabelas é a melhor opção.

8. Tomar cuidado com o uso de imagens. Evite condensar a newsletter numa única imagem para que os serviços de email não bloqueiem a exibição. Isso dificulta também a visualização e o recetor precisa de clicar numa autorização para conseguir saber qual o conteúdo do email. Um procedimento que acaba por limitar os resultados dos seus envios. Quando utilizar imagens ao longo do HTML, empregue corretamente o atributo ALT, para que o leitor saiba do que se trata caso as imagens não sejam exibidas. As imagens devem estar em servidor próprio. A utilização de um serviço gratuito de hospedagem de imagens não é recomendada no envio de newsletters porque esse tipo de serviços pode indicar a sua newsletter como spam e reduzir a confiabilidade da sua mensagem. Por outro lado, muitas vezes esses serviços bloqueiam a exibição de imagens nos emails porque não conseguem lidar com grandes quantidades de tráfego.

9. Colocar links para as redes sociais. Não se esqueça de que a comunicação e interação proveniente das redes sociais vive dias de glória. A par do site, promova as suas páginas de Facebook, Twitter, YouTube, etc, como páginas de aterragem, colocando links na newsletter.

10. Escolher bem o assunto da mensagem. Como o grande responsável por uma boa taxa de abertura de cliques é o assunto da mensagem, tem de lhe dar muita, mesmo muita atenção. Seja sucinto, objetivo, relevante e, principalmente, criativo.
Se as dificuldades em encontrar um bom assunto persistirem, use o destaque do texto mais importante da newsletter. Com essa técnica consegue aumentar a taxa de cliques nesse artigo.

11. Ter em conta que o nome da sua empresa deve estar presente no remetente do email. Se a pessoa que recebe a newsletter já tem confiança no seu negócio, abre a mensagem. Se não tem, pelo menos acredita que vem de fonte fidedigna.

12. Divulgar apenas assuntos interessantes. A sua empresa sabe que tipo de assunto interessa às pessoas que constam da sua base de dados (ou deveria saber). Pegue nesses temas que respondem às questões, dúvidas e curiosidade dos clientes e publique-os. Quanto mais informações tiver sobre as preferências dos seus leitores, melhor.

13. Separar bem os assuntos. Se tem vários temas para divulgar, deixe os tópicos bem separados e organizadas e dê destaque aos pontos principais no topo da newsletter.

14. No caso de pensar publicar textos grandes, colocar apenas uma introdução ou um resumo com um link para o conteúdo completo disponível no site. Os leitores desistem da leitura de newsletters muito extensas com facilidade.

15. Só enviar a newsletter se for realmente relevante. Se não tem conteúdo de qualidade para oferecer, aguarde, não faça envios de newsletters com conteúdo desinteressante ou desatualizado. Vai aborrecer os seus leitores.

16. Segmentar a newsletter. O ideal é que a mensagem seja o mais segmentada possível. Uma newsletter bem produzida tem um conteúdo selecionado com rigor e acaba por se transformar numa ferramenta de sucesso no email marketing, capaz de aumentar exponencialmente as vendas. Assim, se for possível, segmente a sua base de dados de contactos por sexo, idade, profissão, morada… pelo ou pelos itens em que faz mais sentido agrupar o público-alvo da sua empresa.

17. Testar muito. O trabalho não termina quando a newsletter está pronta. É importante testar uma e outra vez antes de enviar. Envie a newsletter para si mesmo primeiro, e para amigos, familiares e colegas. Recolha as opiniões das pessoas antes de dar a newsletter por concluída. Verifique ainda os principais servidores de email na sua lista e teste os principais.

18. Medir sempre os resultados. Para poder melhorar a sua newsletter digital tem de medir os resultados de cada envio. Para isso aproveite os relatórios oferecidos pelos serviços de email marketing. Dê especial atenção à taxa de abertura, é ela que lhe vai indicar os melhores horários para envios e os melhores tipos de linhas de assunto. Os cliques que obteve, por outro lado, ajudam a mostrar os assuntos que mais chamaram a atenção dos clientes. Com tudo junto consegue otimizar as newsletters e obter maior retorno sobre investimento.

19. E agora prepare a sua nova newsletter digital. Boa sorte!

Print Friendly, PDF & Email

About The Author

Sofia Santos

Licenciada, pós-graduada e mestre em Comunicação, exerce atualmente a atividade de Técnica de Marketing na PC.Clinic. Adora as estratégias online para difusão de marcas, produtos e serviços de empresas mas gosta mais ainda de as usar para ir ao encontro dos desejos e necessidades dos consumidores mais exigentes. Pelo meio não consegue largar a produção de conteúdos de qualquer género e em qualquer tipo de suporte. Para ela escrever é dançar com as letras. É brilhar, rodopiar, suar, cansar, aprender, rir e sonhar. Ir e voltar sem sair do lugar.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *