Procura

ARTIGOS POPULARES

10 Etapas para criar um e-commerce e vender na maior loja do mundo!

Ter um computador com acesso à internet é fundamental, mas não basta para começar a vender na maior loja do mundo. Conheça as 10 etapas para criar um e-commerce, aqui!

Como abrir uma loja virtual em Portugal

Da legislação ao software de faturação, passando por uma série de especificações técnicas! Tudo o que precisa de saber para abrir uma loja virtual em Portugal!

12 Passos Para Abrir Uma Loja Online

Hoje em dia, esteja onde estiver e seja a que horas for, desde que tenha acesso à Internet, pode entrar numa loja online, colocar um produto no carrinho de compras, pagar e aguardar a entrega na comodidade do lar. Assim, motivos não lhe faltam para desejar abrir uma loja virtual.

Como Vender No Ebay Passo A Passo

Saiba como vender no ebay passo a passo Vender no eBay, na empresa de comércio eletrónico mais conhecida no mundo, é semelhante a vender

25 Ideias Para Criar Uma Pequena Empresa

Investimento reduzido + espírito empreendedor = negócio rentável Se tem interesse em abrir um negócio lucrativo mas pouco dinheiro para investir, não esmoreça.

Como Abrir Uma Loja Na Internet

Saiba como abrir uma loja na Internet. Vantagens e benefícios de uma loja na Internet. Além de ser uma solução fácil de implementar e gerir, uma loja online apresenta inúmeras vantagens

Como dominar um teste psicotécnico antes que ele o domine a si

Os testes psicotécnicos são uma ferramenta de seleção utilizada em todo o mundo em processos de recrutamento de candidatos para um trabalho, geralmente antes de ser realizada uma entrevista.

A Importância Da Comunicação

Tanto em família como em negócio, não dar importância à comunicação significa perder oportunidades de construção de um bom relacionamento.

Como Abrir Uma Empresa Online?

Para que seja mais fácil abrir uma empresa online e gerar um desenvolvimento económico, o Portal da Empresa desenvolveu ferramentas que permitem criar, de forma simples e segura, empresas online.

Como Criar Uma Empresa Da Forma Tradicional Passo A Passo

O método Tradicional de criação de uma empresa é o mais demoroso, pressupõe várias deslocações e uma atenção acrescida. Contudo, tem a vantagem do contacto pessoal e da facilidade de esclarecimento de dúvidas.

Conteúdo

8 Etapas para construir uma base de dados de email lucrativa

8 Etapas para construir uma base de dados de email lucrativa

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Conheça as 8 Etapas para construir uma base de dados de email lucrativa

Para as campanhas de email marketing da sua empresa terem sucesso, precisa de construir uma base de dados de email lucrativa, daquelas que permitem comunicar eficazmente com um determinado público e gerar mais oportunidades de negócio.

Comprar uma base de dados com milhares de emails ou desrespeitar o Regulamento Geral da Proteção de Dados não são formas viáveis para captar mais leads para o seu negócio! Pelo contrário, se construir uma base de dados de email assente em boas práticas de comunicação com uma série de endereços eletrónicos de pessoas realmente interessadas no produto ou serviço que vende, tem meio caminho andado para aumentar as receitas. Como o encetar? Siga estas etapas!

1ª Etapa para construir uma base de dados de email | Definir o público-alvo

É possível construir uma base de dados de email sem conhecer o seu público-alvo, mas não faria sentido porque dela não obteria qualquer retorno. E é por isso que deve, antes de mais, recolher todos as informações possíveis sobre as pessoas que supostamente estão interessadas em comprar o seu produto/serviço antes de começar a criar a base de contactos que no futuro usará para o envio (com sucesso!) das suas campanhas de email marketing.

Clique aqui para conhecer as vantagens do email marketing!

2ª Etapa para construir uma base de dados de email | Designar os objetivos

Depois de ter o seu público-alvo definido, deve passar aos objetivos, determinando qual é o propósito dessa base de contactos que quer criar. Claro que os objetivos vão variar consoante o seu tipo de negócio, mas em todo o caso é importante defini-los antes de começar a recolher os emails dos seus potenciais clientes porque é a partir desse propósito que vai conseguir juntar, quantificar e trabalhar melhor a base de emails.

3ª Etapa para construir uma base de dados de email | Começar a recolher emails

Definidos os objetivos e público-alvo, é hora de passar à recolha de emails! Independentemente de vender produtos para animais de estimação ou serviços de entretenimento, o seu público-alvo anda na Internet a fazer pesquisas no Google e scroll pelas redes sociais. Algumas dessas pessoas até já visitaram o seu site e compraram à sua empresa e é por isso que deve colocar a sua marca em plataformas online, sendo que a forma mais simples para começar a recolher emails é mesmo colocar um formulário de contacto no seu site (mas para convencer o visitante a preenchê-lo, deve dar algo em troca como uma amostra grátis, um ebook, newsletter…). A par, pode e deve usar links, botões e outros elementos gráficos no seu site ou loja online para encaminhar o utilizador rumo a uma ação.

4ª Etapa para construir uma base de dados de email | Garantir a privacidade das informações

Lembre-se de proteger todas as informações pessoais que recolhe para a sua base de dados de acordo com o Regulamento Geral de Proteção de Dados que indica que os dados devem ser tratados de forma lícita e transparente e que as empresas devem garantir que são exatos e estão atualizados, e protegê-los contra tratamento não autorizado ou ilícito e contra perda, destruição ou danificação acidental. Além disso, lembre-se de que por lei, não pode utilizar os dados pessoais para outras finalidades que não a finalidade original e que só os pode conservar durante o tempo necessário a essa finalidade. Por fim, no momento da recolha dos dados, deve informar os seus contactos do nome da sua empresa, finalidade pela qual deseja utilizar os dados, categorias de dados pessoais em causa, justificação jurídica para o tratamento dos dados, prazo durante o qual serão conservados e também informar sobre a possibilidade de obter cópia, apresentar reclamação, retirar consentimento, etc.

5ª Etapa para construir uma base de dados de email | Segmentar a base de dados

Como sabe, as pessoas que constituem o seu público-alvo não têm todas as mesmas características. Logo, é necessário segmentar, ou seja, classificar os contactos em diferentes perfis com as mesmas necessidades e interesses. Por exemplo, pode segmentar geograficamente os contactos da mesma zona para promover os seus produtos/serviços numa localização ou loja especifica; pode segmentar por idade para poder usar uma linguagem mais próxima do público em causa; segmentar por ocupação para separar estudantes de trabalhadores e reformados; segmentar por compras anteriores para desenvolver campanhas específicas para oferecer produtos complementares e serviços adicionais; segmentar por estádio no funil de vendas para emails diferentes consoante as pessoas estejam mais ou menos preparadas para efetuar a compra, etc. Lembre-se é que a segmentação permite enviar mensagens mais personalizadas para criar relacionamentos positivos e duradouros e alcançar melhores resultados!

6ª Etapa para construir uma base de dados de email | Escolher uma ferramenta de envio de email marketing

Depois de segmentar a sua lista de contactos, é hora de escolher uma ferramenta de envio de email marketing preparada para disparar um grande volume de emails e para o ajudar a criar um layout adaptado aos diferentes equipamentos em que um utilizador pode abrir o email (de smartphones a desktops) e a fazer a gestão da base de dados de prospects e clientes, acompanhando os resultados das campanhas de email marketing. E a boa notícia é que existem várias opções gratuitas e bastante eficientes, que garantem o envio e análise de resultados, como o MailChimp, SendPulse, Zoho Campaigns ou mesmo a ferramenta gratuita de email marketing da HubSpot.

7ª Etapa para construir uma base de dados de email | Atualizar os contactos

O trabalho de construção de uma base de dados de email não para quando já tem um número de contactos considerável. Depois disso deve continuar a alimentar a base de dados com novas informações e a atualizar os dados que já possui porque os emails e outras informações pessoais sobre os seus potenciais clientes, ficam desatualizados com frequência. E com informações inválidas não consegue criar campanhas de email marketing estrategicamente eficientes!

8ª Etapa para construir uma base de dados de email | Aumentar a base de dados

Nesta fase do processo já percebeu quais as estratégias de marketing digital mais indicadas para que os utilizadores lhe deixem os seus emails, pelo que é só continuar a usá-las e a implementá-las também noutras plataformas além do seu site, loja online e/ou redes sociais. Pode, por exemplo, tentar que os seus conteúdos apareçam gratuitamente nos primeiros lugares dos motores de busca através de textos de blog otimizados com SEO ou pode investir em campanhas de publicidade online e até em eventos offline, como feiras e conferências.

E é tudo! Seguindo estas etapas consegue criar uma boa base de dados e com uma boa base de dados consegue uma maior taxa de abertura de emails, uma maior taxa de conversão e, consequentemente, um aumento das vendas!

Aprofunde esta matéria e leia também o nosso artigo “10 Dicas para enviar email marketing sem ir parar à caixa de Spam”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Artigos Relacionados

marca online

Passo-a-passo para criar uma marca de sucesso

Precisa de ajuda para criar uma marca de sucesso? Siga este passo-a-passo! Do nome ao slogan, passando pelo design, público e comunicação, é só tomar nota das sugestões para conseguir conquistar mais clientes!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Usamos cookies para que o site funcione corretamente, personalizar conteúdo e anúncios e para analisar o nosso tráfego.
Consulte a nossa política de privacidade.