Qualidade De Vida No Trabalho – Parte 1

qualidade trabalho

A qualidade de vida no trabalho vem tornando-se, cada vez mais, uma preocupação para a administração pública e empresas de todos os tamanhos, devido a forte ligação existente entre condições adequadas para realização de um trabalho e a produtividade.

Até o início da década de 90, não se relacionava o ambiente de trabalho à produtividade de um funcionário, tampouco havia essa preocupação. Hoje é consenso que a promoção da qualidade de vida no trabalho facilita e satisfaz as necessidades do trabalhador no desenvolvimento de suas atividades, uma vez que as pessoas são mais produtivas quanto mais satisfeitas e envolvidas estiverem com o próprio trabalho.

Existem diversos fatores que contribuem para um melhor ambiente de trabalho e uma maior satisfação do profissional. Neste primeiro artigo, irei abordar 5 itens que contribuem para a melhora do ambiente profissional.

1ª – Ginástica Laboral – A ginástica laboral consiste em uma série de exercícios físicos realizados no início e no final de uma jornada de trabalho. Não importa se sua empresa possui 4 ou 4000 funcionários. A ginástica laboral ajuda o funcionário a reeducar sua postura, diminui o estresse, aumenta o ânimo, promove uma consciência da saúde corporal e previne lesões como a LER (Lesões por Esforços Repetitivos) e DORT (Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho).

A ginástica laboral não requer um local específico e tão pouco uma roupa apropriada. Pode ser feita no setor administrativo, na linha de produção ou até mesmo por quem faz trabalho externo. Além disso, pode ser realizada com a roupa do próprio trabalho, já que por ser uma atividade de baixa intensidade, não provoca sudorese.

sustentável trabalho 1

2ª – Orientação Nutricional – Investir em orientação nutricional a seus funcionários é uma das melhores maneiras de se evitar faltas e afastamentos. Os alimentos saudáveis fazem parte da rotina de pessoas que procuram levar uma vida mais leve e saudável. No entanto, é papel do nutricionista informar aos funcionários quais alimentos comer, quando comer e com qual intervalo. Uma boa alimentação evita o cansaço e melhora a disposição, além de ajudar na manutenção do peso. Um funcionário que perde peso, devido a orientação nutricional recebida dentro do seu ambiente de trabalho, terá mais auto estima e disposição para vir trabalhar todos os dias.

3ª – Organização e Método – O termo “organização e método” parece ter sido abandonado em algum ponto do tempo, mas a verdade é que sua eficácia está mais presente do que nunca. A organização já facilita, por si só, qualquer rotina de trabalho e selecionar metodologias alinhadas com sua personalidade ou tipo de trabalho executado, certamente irão interferir nos resultados. Ambientes organizados diminuem o estresse e aumentam a produtividade. Definir metodologias de trabalho em acordo com a personalidade de cada funcionário é uma maneira acertada de obter uma maior satisfação e um melhor rendimento do funcionário.

4ª – Flexibilidade – Nada mais monótono do que passar duas horas no trajeto de casa para o trabalho ou enfrentar filas para entrar em um restaurante na hora almoçar. Horários e rotinas rígidas são um dos fatores que mais contribuem para a insatisfação pessoal. Flexibilidade não é deixar de fazer, é escolher o melhor horário para aumentar sua produtividade, é gastar apenas uma hora no que normalmente consumiria três.

O mesmo vale para rotinas. Funcionários que executam monotarefas ficam entediados e mais propensos a cometerem erros por distração. Se for possível reveze as tarefas entre seus colaboradores. Além de ensiná-los novas funções é possível diminuir a insatisfação e aumentar a produtividade.

5ª – Atividade Física – Não é nenhum segredo que as atividades físicas ajudam na manutenção da saúde e no aumento da auto estima. Encorajar seus funcionários a realizarem atividades físicas fora do local de trabalho é uma ótima forma de ter uma equipe satisfeita e eficiente.

Melhorar a qualidade do sono, controlar a hipertensão e fortalecer o sistema imunológico são apenas alguns dos benefícios de uma atividade física regular. Promova encontros aos fins de semana, como um domingo de manhã, para uma caminhada ou uma pedalada. Oferecer convênios com academias para os funcionários é uma ótima estratégia. É possível também oferecer benefícios como base em participação em eventos, por exemplo corridas, ou por praticar esportes regulares. Que funcionário ficaria triste com um bônus de fim de ano a quem realiza atividades físicas regulares?

exercício físico

Esse artigo terá 2 partes. Na semana que vem, um novo artigo abordando a qualidade de vida no trabalho trará mais dicas e sugestões para sua empresa ter colaboradores satisfeitos e com alta produtividade.

Qualidade de Vida no Trabalho – Parte 2

Sobre Guilherme Reis
Guilherme Reis
Consultor no Empreenda 360. Gestor de Projetos, Startups e Investimentos. Vivendo fora da caixa desde 2008.
Deixe um Comentário