Como ser líder em trabalho remoto

teletrabalho

Aprenda como ser líder em trabalho remoto

Com cada vez mais empresas a manter colaboradores em regime de teletrabalho, encetado durante o combate à Covid-19, é natural que procure por dicas para ser um líder em trabalho remoto e coordenar a sua equipa à distância como se estivesse ali mesmo, na sala ao lado!

Ser um líder em trabalho remoto e chefiar equipas que, apesar de partilharem os mesmos objetivos, não estão a trabalhar no mesmo espaço físico, não é uma competência fácil de adquirir! Mas é uma competência imprescindível para os gestores dos tempos modernos que já começaram a trabalhar remotamente. Primeiro, porque é uma forma de desenvolver o negócio de forma eficaz, mantendo – e nalguns casos até elevando – a qualidade profissional. Segundo, porque não põe em causa a segurança e saúde dos trabalhadores e clientes.

Como ser líder em trabalho remoto?

Um líder à distância tem características diferentes de um líder convencional que trabalha no mesmo espaço físico da sua equipa. Nesse sentido, vamos dar-lhe algumas dicas para ser líder em trabalho remoto e conseguir bons resultados, mesmo sem poder interpretar o olhar e a linguagem corporal dos elementos da sua equipa!

Escolha a sua equipa de trabalho

Para começar, um líder em trabalho remoto tem de ser capaz de recrutar uma equipa com perfil para trabalhar à distância e isso significa escolher pessoas autónomas, organizadas e responsáveis.

Delimite expectativas

Um líder em teletrabalho também deve delimitar bem as suas expectativas, pois está a trabalhar num novo modelo à distância, diferente daquele a que estava habituado, que pode obrigar a reduzir as expetativas em relação a determinados objetivos, e a elevar outras!

Estabeleça objetivos

E por falar em objetivos, um líder em trabalho remoto precisa de definir muito bem os objetivos a alcançar, informar a equipa sobre essas metas, verificar se foram compreendidas e depois focar-se em atingi-las, definindo timings e acompanhando a sua equipa no cumprimento das atividades propostas.

Dizem que os portugueses querem continuar em teletrabalho… será verdade?

Defina tarefas e processos

E porque a sua equipa está em teletrabalho, precisa de definir tarefas e processos para se atingirem os objetivos propostos, até porque você não está propriamente no gabinete ali ao lado e por isso é mais difícil esclarecer dúvidas. Como tal, nada como antecipá-las, mostrando que atividades e processos devem ser desenvolvidos, como, onde e quando. E depois é uma questão de conseguir dar (mais) autonomia à sua equipa de forma a ela que seja produtiva, mesmo trabalhando em casa.

Estabeleça ações de follow-up

Um líder em trabalho remoto tem de acompanhar sistematicamente o trabalho da equipa, estabelecendo ações de follow-up. Não para vigiar os colegas, mas para poder atuar caso alguma tarefa não esteja a ser executada ou tenha de ser ajustada atempadamente.

Peça resultados por atividade e não por horário

Essas ações de follow-up que acabámos de sugerir, devem ser analisadas segundo as tarefas atribuídas e não segundo o horário, porque em teletrabalho a expectativa em termos de horas tem de ser eliminada e substituída pela expetativa em termos de resultados da tarefa ou entrega de resultados.

Receba feedback sobre o seu trabalho

E se pensa que acompanhar o trabalho da sua equipa com olhos de falcão chega, está enganado! E quem o acompanhará a si? É por isso que deve pedir também feedback sobre o seu desempenho para perceber o que pode melhorar.

Delegue responsabilidades

Lá porque está a liderar à distância, não significa que não possa delegar responsabilidades. O teletrabalho por vezes é tão pesado que nem vale a pena pensar que consegue fazer tudo sozinho… nem sentir que é indispensável e insubstituível! Delegue tarefas aos seus colaboradores, particularmente na fase inicial de home office.

Mantenha o contacto com a sua equipa

Um líder em trabalho remoto deve tentar manter um relacionamento próximo com a sua equipa, seja através de telefonemas diários ou reuniões em videoconferência, para não perder a interação com os colegas, nem os colegas entre si.

Construa uma relação de confiança

 

Se no escritório a confiança era imprescindível para uma equipa desenvolver um bom trabalho, imagine à distância! Com as pessoas separadas, cada uma em sua casa, a confiança é fundamental para minimizar conflitos e manter todos motivados, com o mesmo propósito.

Esteja sempre disponível

Exatamente porque nenhum elemento da sua equipa o consegue apanhar na sala ao lado, no corredor, junto da máquina de café ou até mesmo na casa de banho, é importante esforçar-se por estar sempre disponível para apoiar e esclarecer os colegas. E ao oferecer a sua ajuda, no momento em que é necessária, está a evitar erros que se fossem detetados mais tarde poderiam ser difíceis de corrigir.

Lidere pelo exemplo

A liderança pelo exemplo é uma dica a seguir em qualquer tipo de liderança, incluindo à distância. O seu comportamento deve motivar, inspirar e influenciar a sua equipa.

Coloque a tecnologia a favor da equipa

Um líder em trabalho remoto também deve ser capaz de descobrir e dominar as melhores tecnologias para desenvolver as atividades da equipa, bem como as melhores aplicações ou ferramentas de gestão e comunicação para alcançar os objetivos propostos, mas também para falarem entre vocês, para se verem, verificarem os progressos da equipa, a etapa em que cada atividade está, o alcance das metas, etc. Além disso, existem recursos online para monitorizar em tempo real as tarefas propostas, avaliar dificuldades e estruturar algumas mudanças que possam ser necessárias.

Marque reuniões presenciais

E por fim, uma dica de ouro! O teletrabalho é uma realidade e por sinal bem eficaz, sim, mas um líder remoto deve ficar offline de quando em vez, marcando reuniões ou encontros presenciais para solidificar o relacionamento entre as pessoas e aumentar o sentido de pertença.

Leia também as nossas dicas para não perder o foco em teletrabalho.

Sobre Sofia Santos
Sofia Santos
Para ela escrever é dançar, rodopiar, suar, cansar, brilhar, aprender, rir e sonhar. Ir e voltar sem sair do lugar!

Licenciada, pós-graduada e mestre em Comunicação.

Certificada em Content Marketing e Inbound Marketing pela HubSpot Academy.

Lançou o projeto Conteúdo & Manteúdo - de produção profissional de conteúdos para web – com a missão de melhorar o posicionamento da informação dos negócios nos motores de pesquisa, atrair um público-alvo específico, aumentar o número de acessos e partilhas, fidelizar leitores, ampliar a visibilidade e autoridade das empresas e, claro, conquistar clientes e torná-los clientes fiéis!

No fundo o seu objetivo é redigir artigos que possam interessar e oferecer soluções para os problemas dos clientes… dos seus clientes!
Deixe um Comentário