Cabeças Na Lua

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

É costume dizer-se que alguém que anda sempre distraído e/ou pensativo tem a “cabeça na lua”. A lua, essa nossa eterna companheira de céu, brilhante nas noites de verão e colossal em noites de lua cheia, desde sempre despertou o que de mais mágico e emocional há em nós.

lua

As antigas civilizações fizeram dela desde sempre um relógio útil e o seu intervalo entre os quartos crescente e minguante constituiu a base de muitos dos seus calendários.

Curiosamente, se pensarmos um pouco sobre as parecenças que tem o nosso modo de contar os dias, e as fases da lua, deparamo-nos não só com o facto de que o mês tem 30 dias, sendo esse o número aproximado de dias do ciclo lunar, mas também com o facto que para nós cada dia termina quando o sol se “põe” e a lua sobe. Para além disso alguns historiadores defendem ainda que, a palavra “month” têm origem na mesma raiz indo-europeia proveniente da palavra “moon” (lua).

A Lua tem sido o tema e inspiração para as mais diversas obras de arte e literatura, constituindo-se como motivo recorrente nas artes visuais e cénicas, poesia, literatura e música, sobretudo porque em muitas das culturas pré-históricas, a Lua era considerada a personificação de uma divindade ou de outro fenómeno sobrenatural.

Ainda nos dias de hoje se assiste ao estudo da astrologia, onde as interpretações astrológicas da Lua surgem associadas a ciclos de mudança e transformação. Neste campo esotérico a Lua simboliza a mulher do Sol, sua filha ou sua irmã, conforme os mitos.

Associada a uma panóplia de mitos e histórias sobre a Lua, aparece ainda a relação que muitos filósofos diziam existir, entre a loucura e as fases da lua (em especial fase de lua cheia), sendo até a palavra loucura derivada do termo latino “Lua”.

Mas a lua deixou de ser mistério quando os primeiros astrónomos e astrofísicos se começaram a debruçar sobre ela. Com a necessidade de compreensão dos seus ciclos foram estudando a ocorrência de eclipses ao longo de vários anos, bem como a sua posição no céu, conseguindo até reunir informação que permitia prever (ainda que com alguma incerteza) a ocorrência de eclipses solares e lunares.

Ao longo de vários e extensos anos foram decorrendo vários estudos sobre a lua, mas os filósofos conseguiram sobrepor-se aos astrólogos e chegaram a conclusões mais próximas daquilo que hoje sabemos que é a lua. Como exemplo temos Anaxágoras que argumentou que o Sol e a Lua eram rochedos esféricos gigantes e que a Lua refletia a luz solar, Ptolomeu que calculou a distância da Lua à Terra de forma muito aproximada dos valores exatos que temos hoje e ainda Arquimedes que inventou um planetário através do cálculo de deslocações da Lua e dos planetas conhecidos.

Todos estes filósofos e matemáticos, alimentados pela sua curiosidade, abriram as portas à invenção constante e progressiva dos mecanismos de estudo da lua. Bastante tempo depois, em 1609, Galileu tornou-se um dos primeiros estudiosos a cartografar a Lua através de um telescópio identificando que a sua face possuía montanhas e crateras. Seguem-se várias cartografias e estudos feitos maioritariamente através de telescópio, permitindo a obtenção de sistemas de nomenclatura de características lunares, bem como da sua estratigrafia.

Atualmente sabemos muito mais sobre a Lua. Já sem mistério, sabemos não só que ela é o único satélite natural da Terra e que possui 27% do seu diâmetro e 60% da sua densidade (e que foi formada há cerca de 4,5 mil milhões de anos, pouco tempo depois do que se crê que tenha sido a formação da Terra), como também que a sua gravidade está associada à origem e regulação das marés.

Mas a curiosidade não era só uma característica dos estudiosos da antiguidade. Em 1959, a União Soviética lançou o Programa Luna, com o intuito de alcançar a Lua com sondas não tripuladas. Anos mais tarde, e para não ficar para trás, os Estados Unidos da América tentaram igualar o feito, e lançaram o Programa Apollo, realizando várias missões tripuladas à lua, entre 1968 e 1972. A concretização destas missões permitiu recolher mais de 380 quilogramas de rochas lunares que têm sido usadas com o intuito de estudar de forma mais aprofundada a origem, história geológica e estrutura interna da Lua.

Desde a altura em a missão Apollo foi lançada, nunca mais pararam as tentativas de enviar sondas espaciais ao satélite natural da terra, com o intuito de permitir uma análise cada vez mais detalhada da superfície lunar, bem como de averiguar a existência de água nas suas crateras (que já se veio a confirmar).

No momento atual encontramo-nos a explorar não só a Lua. O “hoje” configura-se como a não existência de limites ao conhecimento. As novas tecnologias permitem-nos chegar, onde os nossos antepassados nunca sonharam, que alguma vez chegaríamos. Ao terem a “cabeça na lua”, e ao analisarem e estudarem apaixonadamente os fenómenos que desconheciam, abriram as portas à inovação que hoje em dia nos leva além-fronteiras do nosso planeta.

O “Ontem” era o que nos rodeava, o “amanhã”, esse, está por cima das nossas cabeças.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Artigos Relacionados

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Procura

ARTIGOS POPULARES

10 Etapas para criar um e-commerce e vender na maior loja do mundo!

Ter um computador com acesso à internet é fundamental, mas não basta para começar a vender na maior loja do mundo. Conheça as 10 etapas para criar um e-commerce, aqui!

Como abrir uma loja virtual em Portugal

Da legislação ao software de faturação, passando por uma série de especificações técnicas! Tudo o que precisa de saber para abrir uma loja virtual em Portugal!

12 Passos Para Abrir Uma Loja Online

Hoje em dia, esteja onde estiver e seja a que horas for, desde que tenha acesso à Internet, pode entrar numa loja online, colocar um produto no carrinho de compras, pagar e aguardar a entrega na comodidade do lar. Assim, motivos não lhe faltam para desejar abrir uma loja virtual.

Como Vender No Ebay Passo A Passo

Saiba como vender no ebay passo a passo Vender no eBay, na empresa de comércio eletrónico mais conhecida no mundo, é semelhante a vender

25 Ideias Para Criar Uma Pequena Empresa

Investimento reduzido + espírito empreendedor = negócio rentável Se tem interesse em abrir um negócio lucrativo mas pouco dinheiro para investir, não esmoreça.

Como Abrir Uma Loja Na Internet

Saiba como abrir uma loja na Internet. Vantagens e benefícios de uma loja na Internet. Além de ser uma solução fácil de implementar e gerir, uma loja online apresenta inúmeras vantagens

Como dominar um teste psicotécnico antes que ele o domine a si

Os testes psicotécnicos são uma ferramenta de seleção utilizada em todo o mundo em processos de recrutamento de candidatos para um trabalho, geralmente antes de ser realizada uma entrevista.

A Importância Da Comunicação

Tanto em família como em negócio, não dar importância à comunicação significa perder oportunidades de construção de um bom relacionamento.

Como Abrir Uma Empresa Online?

Para que seja mais fácil abrir uma empresa online e gerar um desenvolvimento económico, o Portal da Empresa desenvolveu ferramentas que permitem criar, de forma simples e segura, empresas online.

Como Criar Uma Empresa Da Forma Tradicional Passo A Passo

O método Tradicional de criação de uma empresa é o mais demoroso, pressupõe várias deslocações e uma atenção acrescida. Contudo, tem a vantagem do contacto pessoal e da facilidade de esclarecimento de dúvidas.

Conteúdo

Cabeças Na Lua

Usamos cookies para que o site funcione corretamente, personalizar conteúdo e anúncios e para analisar o nosso tráfego.
Consulte a nossa política de privacidade.