Uso Das Redes Sociais Nas Empresas Fortune 500

marketing digital

Das Empresas Fortune 500, 31% usam Blogs, 83% Twitter, 80% Facebook e 97% Linkedin.

redes sociais

Pelo sexto ano consecutivo a Universidade de Massachusetts leva a cabo estudos de marketing baseados na adopção e uso dos meios sociais das 500 corporações consideradas como mais poderosas pela revista americana Fortune.

fortune 500

Nora Ganim Barnes e Ava M. Lescault, responsáveis pelo estudo das empresas do F500, esperam vislumbrar as tendências comerciais em relação ao uso das ferramentas sociais do mundo online.

Blogs

Em 2013 a percentagem de empresas que possuíam blogs para interagir com o seu público atingiu o seu pico – 34%. Foi considerado tratar-se do regresso do online em depth conversation. No presente ano notou-se uma ligeira descida para os 31%.

As 157 empresas com blogs de 2014 inserem-se em 72 industrias diferentes, uma variação significativa de 2013, sendo naquela altura somente 58. As indústrias com maior destaque na área dos blogs são: lojas especializadas, produtos de consumo alimentar, produtos químicos e bancos comerciais.

As autoras do estudo relacionaram a posição das empresas no rank da F500 com a existência ou não de blogs, chegando à conclusão que 45% dos blogs pertencem às 200 empresas mais bem classificadas, demonstrando uma influência positiva desta ferramenta.

A maioria dos blogs analisados, 78%, encontram actualizados, aceitam comentários, possuem RSS Feed e aceitam subscrições. Ou seja, esta ferramenta madura quando utilizada, é-o de uma forma bastante efectiva.

Blog da ExxonMobil’s:

Blog ExxonMobils

Ferramentas Sociais Modernas

Twitter

Com uma grande taxa de utilização, Twitter é a ferramenta social mais utilizada pelas empresas do F500. Conta com uma taxa de 83%, sempre em crescimento. Das 10 empresas mais bem classificadas pela Fortune 7 têm Twitter.

Ordenado por indústrias pode-se ver as seguintes percentagens de adesão ao Twitter:

Produtos de Consumo Alimentar

100%

Bancos Comerciais

94%

Produtos Químico

93%

Gás e Electricidade

91%

Lojas Especializadas

84%

Twitter Ford Motors:

Twitter Ford

Facebook

Uma das ferramentas sociais mais importantes no mundo online é, sem dúvida o Facebook. A maioria das empresas e corporações já perceberam a sua importância, e 80% das empresas do F500 têm uma conta no Facebook.

Do F500 as três empresas com mais fãs no Facebook são as seguintes:

Empresa

Gostos na página

Facebook, Inc.

154,900,000

Coca-Cola

87,079,000

The Walt Disney Company

48,200,000

Facebook Coca-Cola:

Facebook Coca-cola

LinkedIn

Fundada em 2001, é uma rede de negócios, direccionada para profissionais de todos os sectores. Apesar dos seus 13 anos de existência, foi a partir da década de 2010 que esta ferramenta ganhou grande relevo, tendo hoje um valor de mercado de 8 biliões de dólares americanos.

Das empresas da F500 97% têm uma conta de LinkedIn, onde partilham a sua história, criam redes de network, estimulam a divulgação boca-em-boca, e até mesmo procedem a recrutamento.

LinkedIn Apple:

LinkedIn Apple

Outras redes sociais

Para além do Twitter, do Facebook e do LinkedIn, as redes sociais utilizadas pelas empresas do F500 são – YouTube, Foursquare, Pinterest e Instagram.

YouTube conta com uma adesão de 67% das empresas.

Youtube Nike:

Youtube nike

Foursquare, ferramenta que serve sobretudo para empresas com uma localização física, como se fosse as Páginas Amarelas. 51% das empresas utilizam as suas potencialidades. Providencia informações de contacto, direcções, descrições, cupões, fotos, etc.

Foursquare Starbucks:

Foursquare starbucks

Pinterest tal como o Instagram serve para partilha de fotografias, de uma forma muito simples e fácil. De 2013 para 2014 esta ferramenta teve um acréscimo impressionante, visto que em 2013 Pinterest contava com uma utilização de 9% de empresas do F500, e no estudo de 2014 aumentou em 27%, passando para de 36%. Das 10 melhores empresas, 6 possuem uma conta no Pinterest.

Pinterest Wal Disney Company:

Pinterest Walt Disney

Instagram com um aumento de 11% relativamente a 2013, contando hoje com 20% de adesão do top 500 da Fortune, que mantêm os seus seguidores actualizados com mais diversas fotografias.

Instagram Corporation:

Instagram Intel

Conclusões

As grandes empresas e corporações adoptam as novas ferramentas de comunicação de uma forma massiva e confortável. Não têm medo de arriscar, e contactam com os seus clientes, vendedores, parceiros e outros de uma forma nunca antes pensada, muito mais próxima e pessoal.

Os estudos das ferramentas de comunicação como as descritas em cima pretendem perceber as tendências das grandes empresas, e a forma como essas tendências influenciam o seu sucesso. Até agora, as conclusões são bastante óbvias – sucesso e presença online andam de mãos dadas.

O investimento em blogs, onde se desenvolvem relações mais profundas, ou contas no Twitter, Facebook, Pinterest, LinkedIn, entre outras que permitem um relacionamentos mais fugazes, são tudo investimentos que, quando bem geridas, poderão providenciar um aumento nos resultados.

Para conhecer mais sobre este estudo, consulte “The 2014 Fortune 500 and social Media: LinkedIn dominates As Use of Newer Tools Explodes”.

Sobre Iryna Shev
Iryna Shev
Iryna Shev, licenciada em Comunicação Social e Cultural, pela Faculdade De Ciências Humanas, da Universidade Católica Portuguesa.
Deixe um Comentário