Como Deve Iniciar A Presença Na Internet Da Empresa

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Já ouviu a nova máxima do “estou na Internet, logo existo”? É uma verdade nos tempos que correm. Se a sua ideia é, como a de qualquer comerciante, aumentar o número de vendas, tem de considerar a presença do seu negócio online. Já!

Ter uma presença na web, que seja relevante, ajuda na conquista de novos clientes, na fidelização de clientes que já conquistou e na elaboração de novos projetos, além de aumentar consideravelmente a visibilidade da sua empresa ou marca.

presenca na internet

Tem de se render ao mundo digital em que hoje vivemos, porque com a correria do dia-a-dia e sem muito tempo para descanso, as pessoas acabam por procurar os produtos e serviços de que necessitam do modo mais ágil que são capazes de encontrar: a Internet! Na verdade, o primeiro lugar a que recorrem não é o mercado lá da vila, é o motor de busca Google (ou outro similar). Deste modo, a presença na Internet da sua empresa torna-se praticamente obrigatória, até porque os seus concorrentes já devem andar por lá e você não quer ficar para trás, pois não?

Ora, se por algum motivo ainda não se aventurou pelo mundo virtual, seja porque está a começar o seu negócio seja porque tem tido alguma preguiça de pisar terreno menos firme, comece agora. As etapas que se seguem vão ajudá-lo a colocar a sua empresa online.

1. Analise o seu mercado na Internet

Antes de começar a colocar a sua empresa na Internet, faça alguma investigação sobre o seu mercado online: como se apresenta? O que vende? Como vende? A quem vende? Com que objetivo? Etc. Depois de obter estas e outras informações já tem na sua posse conhecimentos que lhe vão permitir gastar menos recursos num projeto virtual.

2. Escolha um nome que funcione

O nome da sua empresa na Internet deve ser simples e memorável. A escolha do domínio .com, .pt, etc, merece destaque na sua estratégia de entrada no mundo online. Nela deve ter em conta a sua marca e também o que os motores de busca consideram relevante nos resultados das pesquisas.

3. Escolha uma boa plataforma e layout para o seu site

Escolha um serviço de hospedagem para o seu site, e tenha em conta que hoje em dia já existe oferta de conceção de sites que inclui o serviço de hospedagem.

4. Opte por um site simples

É preferível optar por um site simples, com um design apelativo qb e fácil de se navegar. Depois, com o tempo, vá-lhe adicionando conteúdo e se necessário acrescentando funcionalidades.

5. Aposte no marketing online

Não vale a pena investir numa presença online porque sim, é necessário implementar e desenvolver uma boa estratégia de marketing que fará com que os potenciais consumidores encontrem o seu site, as suas páginas em redes socais, etc.

6. Tenha um bom logotipo

Não se aventure na área do design para poupar dinheiro num logotipo. Contrate uma agência de design para o fazer e não se esqueça de ficar com o ficheiro vetorial (Illustrator ou EPS) da imagem. Providencie também algumas variações do logotipo original que vão ser úteis para diversos perfis online: Twitter, Facebook, site…

7. Torne a sua empresa credível

Para que funcione bem na Internet, qualquer site de vendas tem de ser credível. E para isso tem de publicar conteúdo de valor para o consumidor, baseado em pesquisas sólidas e fundamentadas, feitas fora ou dentro da Internet.

8. Impulsione os conteúdos

O ideal é que o seu cliente vá andando com o cursor para baixo, e para baixo, e para baixo… Para o lado esquerdo, para o lado direito, clicando num link, noutro link… Se assim for, significa que o seu site tem muito para oferecer! Além da exposição dos seus artigos informativos, utilize vídeos demonstrativos, depoimentos de clientes satisfeitos (desde que não sejam anónimos), entre outros recursos. Coloque a informação mais importante na página inicial e a restante nas subpáginas. Tudo de uma forma legível, simples e bem distribuída. Com o tempo, pense na criação de ebooks, comunidades online, etc. Não poupe no marketing digital mas comece com áreas que façam parte da sua zona de conforto. 

9. Configure uma subscrição de email

Se pretender que os visitantes do seu site sejam notificados de novas atualizações por email, configure uma subscrição.

10. Crie uma página no Facebook

É imprescindível que crie uma página de empresa no Facebook. Como sabe, meio mundo anda por lá. E não desanime se não angariar muitos amigos nos primeiros meses, a estratégia é gradual e progressiva. Para começar use o seu logo, fotos apelativas dos seus produtos ou serviços, uma descrição da empresa e um link para o seu site. Crie também um URL simples para a sua página no Facebook, pois a rede social já permite a personalização das páginas. Por exemplo, http://facebook.com/apaginadasuaempresa (em vez do URL impessoal que o Facebook dá por padrão). Pode ainda tirar partido desta funcionalidade criando um subdomínio e redirecionando para a sua página do Facebook. A configuração desse subdomínio é gratuita e normalmente muito fácil de implementar através do alojamento do seu site.

11. Crie um blog

Para criar um blog basta ter algum tempo para se dedicar à matéria e começar a produzir conteúdos relevantes sobre a sua área de atuação. Pode usar uma ferramenta de hospedagem gratuita e com um pouco de paciência e determinação angariar cada vez mais potenciais clientes e seguidores! Subscreva o feed de notícias dos seus clientes e parceiros e leia os artigos regularmente. Quando começar a ver comentários no seu blog, não se esqueça de interagir com quem os fez. Deixe um comentário para continuar a conversa ou responda a uma questão que alguém colocou. Isto demonstra que se preocupa em criar ligações com os seus leitores. É importante que consiga colocar no blog apontamentos valiosos e participar em todas as conversas que conseguir se tiver um comentário pertinente a acrescentar, caso contrário mantenha o silêncio.

12. Crie uma conta no Twitter

Depois de percorrer os passos acima mencionados, crie uma conta numa das mais famosas redes sociais, o Twitter. Tenha em mente que o nome da sua conta deve coincidir com o nome da empresa e domínio do site. Depois, adicione um link nessa página para o seu site, e vice-versa.

A seguir, comece a fortalecer relações com as pessoas e a construir a sua rede de contactos resistindo à tentação de seguir pessoas em massa só para aumentar a sua rede. Isso não vai interessar. Consiga relações de alta qualidade.

13. Crie um perfil de empresa no LinkedIn

Crie um perfil no Linkedin para a sua empresa e adicione um link do site no espaço disponível para o efeito. Faça uma descrição da sua empresa e dos produtos/serviços que comercializa. Aproveite para começar a participar também em grupos do LinkedIn. Para tal, escolha a categoria que melhor se encaixa na sua área de atuação mas não use esta plataforma para fazer vendas diretas ou propaganda. Aproveite-a sim para construir uma imagem credível do seu negócio.

14. Escreva um artigo diferente para o seu site

Escreva um texto sobre o que torna a sua empresa diferente da concorrência. Descreva os seus clientes preferidos, por exemplo, ou as vantagens da utilização dos seus produtos/serviços. No fundo, escreva um artigo diferente, simples, objetivo mas muito criativo que chame a atenção do visitante para o seu valor acrescentado.

15. Faça uso do efeito multiplicador da Internet

Use todas as páginas de redes sociais, blogs, sites e outras plataformas ao seu alcance para ampliar as partilhas de informações da sua empresa.

16. Encontre os seus concorrentes mais diretos

Procure os seus concorrentes diretos e analise as suas presenças na Internet. Veja quem lhe parece ter os melhores conhecimentos e estratégias de marketing online e siga-as atentamente para aprender com elas. Como o fazer? Adicione os nomes destes concorrentes e dos seus sites e páginas de redes sociais nos alertas do Google.

17. Instale um software de web analytics

Tem de começar a controlar o tráfego para o seu site para perceber quem, como e com que frequência visita a sua página. Quais as palavras-chave que levam as pessoas até ao seu site e, uma vez lá dentro, que conteúdos mais lhes interessam. O Google Analytics é sempre uma excelente opção.

18. Guarde o nome da sua empresa no YouTube e crie uma conta no Pinterest, Instagram, Google+, Tumblr, Vine e Snapchat

Mesmo que não tenha interesse para já em ter um canal no YouTube, deve guardar o domínio e a conta no Twitter. Ter o seu username no YouTube permite-lhe partilhar vídeos e fortalecer o seu negócio. Prepare-se desde já.
Do mesmo modo, deve criar contas no Pinterest, Instagram, Google+, Tumblr, Vine e Snapchat e guarde-as para mais tarde pois é provável que sinta necessidade, no futuro, de explorar estas redes para a sua empresa.

Bem-vindo ao mundo virtual!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Artigos Relacionados

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Procura

ARTIGOS POPULARES

10 Etapas para criar um e-commerce e vender na maior loja do mundo!

Ter um computador com acesso à internet é fundamental, mas não basta para começar a vender na maior loja do mundo. Conheça as 10 etapas para criar um e-commerce, aqui!

Como abrir uma loja virtual em Portugal

Da legislação ao software de faturação, passando por uma série de especificações técnicas! Tudo o que precisa de saber para abrir uma loja virtual em Portugal!

12 Passos Para Abrir Uma Loja Online

Hoje em dia, esteja onde estiver e seja a que horas for, desde que tenha acesso à Internet, pode entrar numa loja online, colocar um produto no carrinho de compras, pagar e aguardar a entrega na comodidade do lar. Assim, motivos não lhe faltam para desejar abrir uma loja virtual.

Como Vender No Ebay Passo A Passo

Saiba como vender no ebay passo a passo Vender no eBay, na empresa de comércio eletrónico mais conhecida no mundo, é semelhante a vender

25 Ideias Para Criar Uma Pequena Empresa

Investimento reduzido + espírito empreendedor = negócio rentável Se tem interesse em abrir um negócio lucrativo mas pouco dinheiro para investir, não esmoreça.

Como Abrir Uma Loja Na Internet

Saiba como abrir uma loja na Internet. Vantagens e benefícios de uma loja na Internet. Além de ser uma solução fácil de implementar e gerir, uma loja online apresenta inúmeras vantagens

Como dominar um teste psicotécnico antes que ele o domine a si

Os testes psicotécnicos são uma ferramenta de seleção utilizada em todo o mundo em processos de recrutamento de candidatos para um trabalho, geralmente antes de ser realizada uma entrevista.

A Importância Da Comunicação

Tanto em família como em negócio, não dar importância à comunicação significa perder oportunidades de construção de um bom relacionamento.

Como Abrir Uma Empresa Online?

Para que seja mais fácil abrir uma empresa online e gerar um desenvolvimento económico, o Portal da Empresa desenvolveu ferramentas que permitem criar, de forma simples e segura, empresas online.

Como Criar Uma Empresa Da Forma Tradicional Passo A Passo

O método Tradicional de criação de uma empresa é o mais demoroso, pressupõe várias deslocações e uma atenção acrescida. Contudo, tem a vantagem do contacto pessoal e da facilidade de esclarecimento de dúvidas.

Conteúdo

Como Deve Iniciar A Presença Na Internet Da Empresa

Usamos cookies para que o site funcione corretamente, personalizar conteúdo e anúncios e para analisar o nosso tráfego.
Consulte a nossa política de privacidade.