Home Office é para mim?

home office

Ao contrário do que muitos pensam, o Home Office já existe há décadas, sendo utilizado, inicialmente, como local de trabalho de advogados, fotógrafos e artistas. Na década de 90, com o advento da internet, passou então a ser adotado como alternativa na forma de trabalhar também de programadores, designers e outros profissionais da internet.

Seu crescimento foi tão rápido que, já nos 2000, trabalhar em casa passou a ser algo comum, inclusive dentre funcionários de empresas tradicionais, os quais passaram a aparecer apenas para assinar a folha de pagamentos ou somente para buscar e levar o trabalho que precisam fazer.

Para a empresa, a rotina Home Office é muito interessante, pois, em geral, os funcionários tendem a render mais trabalhando desta forma e a empresa ainda elimina os custos com transporte do funcionário e evita desgastes com funcionários que sempre chegam atrasados devido ao trânsito caótico.

Mas, trabalhar em casa, em rotina Home Office é para todo mundo? Infelizmente não.

home office

Disciplina é a palavra chave para trabalhar em casa. Se a pessoa apresenta dificuldade em manter o foco, definitivamente não será uma boa candidata para este tipo de trabalho, uma vez que em casa o esforço para evitar as distrações é muito maior. Redes sociais, telefone, filhos, televisão, dentre outras distrações, presentes no ambiente familiar podem arruinar a produtividade e comprometer o rendimento no trabalho.

Já para o funcionário que possui disciplina, trabalhar em casa pode ser muito produtivo e gratificante. Para aqueles que possuem filhos, trabalhar em casa pode significar passar mais tempo com as crianças, podendo fazer pausas para levá-los à escola e almoçar com a família reunida.

No entanto, ressalta-se que o funcionário precisa ter uma disciplina rigorosa. Levantar antes do horário de trabalho, trocar de roupa e começar a trabalhar em um ambiente separado para esta finalidade. Trabalhar de um notebook na cama ou vestindo um pijama não são atitudes de quem pretende ter produtividade fazendo Home Office. A postura correta na cadeira, a iluminação e a organização são imprescindíveis para esta modalidade de trabalho.

Normalmente, o Home Office funciona bem quando a empresa possui uma demanda com prazo bem estabelecido para seu cumprimento. Desta forma, cabe ao funcionário programar-se para executar a tarefa dentro do prazo estabelecido.

home office

O Home Office é cercado de vários mitos e o maior deles é que o funcionário trabalhará menos horas quando estiver trabalhando em casa, o que nem sempre é verdade. Como muitas empresas optam por demanda e prazo, o funcionário que não é disciplinado pode acabar extrapolando seu horário habitual para poder conseguir cumprir o prazo determinado.

Outro mito muito difundido é o de que o funcionário pode fazer o seu próprio horário. Mas isso não é regra a todas as empresas que possuem esquema Home Office, na verdade são algumas empresas não permitem esta flexibilidade de horário. Algumas empresas, principalmente as mais tradicionais, gosta de manter um horário bem estipulado para que o funcionário cumpra as tarefas.

Para facilitar o controle de tarefas dos funcionários, principalmente para empresas que não trabalham com execução de trabalho por prazo determinado, já existem muitos aplicativos e softwares que gerenciam a rotina Home Office. Os meus preferidos são o Pivotal, Asana e Podio. O Pivotal, por exemplo, informa inclusive quando o funcionários está digitando, quando está com o navegador aberto e o quanto ele rendeu em um dia de trabalho. Tudo isso para que a empresa possa mensurar o rendimento do funcionário que trabalha em casa.

Uma ótima alternativa para micro e pequenas empresas gerenciarem funcionários que trabalham em cidades diferentes ou em casos em que a empresa ainda não está consolidada, é a utilização de escritórios compartilhados, conhecidos como Coworking. Os escritórios compartilhados possuem um ambiente descontraído, leve, mas sem perder o foco do trabalho. Além disso, os Coworkings oferecem um ambiente de Home Office com a possibilidade de trocar informações com outros colaboradores durante um café, tudo isso sem perder o controle de horário que muitas empresas não gostam de abrir mão.

Sobre Guilherme Reis
Guilherme Reis
Consultor no Empreenda 360. Gestor de Projetos, Startups e Investimentos. Vivendo fora da caixa desde 2008.
Deixe um Comentário