O Dogma Na Gestão Das Empresas – Gollum “My Precious”

eunuco

A Paralização Dogmática

A palavra sagrada quântica. É habitual usar o conceito de quântica, embora paradoxalmente não quantificável, para vender programas de coaching e de desenvolvimento pessoal baseados nos ensinamentos do Bruce Lipton ou na sabedoria do Deepak Chopra. Hoje, a magia quântica explica todas as ideias sobre as quais ainda não temos ciência. É a Deusa Dos Buracos desta era.

Deepak Chopra

Mas, há o movimento contrário. Se a magia encanta, o materialismo ontológico deprime, enrolando e enroscando a mecânica quântica numa ilusão geométrica, algorítmica, aleatória e determinada, onde o cientista é o Fazedor de Chaves, capaz de sair de cena, quando confrontado com um beco sem saída, para um dos muitos universos alternativos no multiverso, o supranatural ateu. Você tem fé no multiverso? Defina aleatório.

Durante anos, esses bispos da ciência argumentaram que os processos quânticos não mereciam sequer a atenção da Biologia, dado que não conseguiam manter a coerência durante o tempo necessário para serem relevantes para qualquer sistema biológico, por causa do excesso de temperatura ou por qualquer outra razão minimamente plausível.

plantas

Pode assistir aqui à educação, falta dela, desses predadores necrófagos perante uma ideia excepcionalmente interessante, Sir Roger Penrose & Stuart Hameroff, comprender a consciência através dos princípios da mecânica quântica:


 
A hostilidade manifestada relativamente ao Stuart Hameroff daria lugar ao pio do pintinho, se confrontados pelo Sir Roger Penrose. Nunca é boa ideia argumentar com um matemático muito mais inteligente do que você… Mas, consigo imaginar o Lawrence Krauss a tentar:
 


 

O problema é o dogma. O nome da conferência é hilariante: “Beyond Belief”. Mas, para que serve uma conferência religiosa senão para conferir que todos os membros acreditam cegamente na crença única, o paradigma da ciência deles? O Stuart Hameroff teve sorte. Não perdeu a cabeça.

Pergunta. Se é de gestão que conversamos, porque razão é que andamos às voltas em torno do dogma?

Olhe para o exemplo do dogma que castrou “respeitáveis”, dizem alguns, cientistas, virados eunucos, com pânico do escuro, com medo do desconhecido. Podemos observer adiante a eficiência do processo quântico na fotossíntese a que os eunucos viraram as costas. E a biologia quântica já faz parte da lista de disciplinas da Biologia no wikipedia.

dogma

A dimensão quântica é uma realidade exótica, de correlações sem a estrutura causal da realidade que nos condiciona desde que nascemos, da realidade que ordena o nosso pensamento, a nossa percepção, o nossa espaço, o nosso tempo, da realidade onde o processamento é algorítmico. É uma realidade diferente donde podemos intuir novas ideias, novas soluções e novas invenções. Se considerarmos o estado atual do planeta, precisamos dessa diferença, porque o similar não nos levará, espécie humana, a um fim feliz.

gato schrodinger

O que fizeram os enucos? Moldaram esse mundo novo ao conforto do velho a que estão acomodados. É a casa e o quintal deles. É o que já sabiam. Aprendem isso na escola. Ensinam isso na escola. Recebem bolsas para investigar isso. Ganham prémios, participam em conferências, constroem reputações, ouvem palmas e palavras de elogio para falar e escrever sobre isso. Defina isso.

eunuco

A resistência à mudança é um hábito enraizado, que nos prende aos nossos antepassados, numa continuidade linear, essencial à preservação das nossas tradições, dos nossos hábitos, das nossas estruturas sociais. Somos mais árvores do que pensamos ou imaginamos. Não somos o vento, vagabundando por aí.

árvore

Não se trata dum defeito. É necessário que assim seja. Por isso, o comportamento do zelota Lawrence Krauss é a dum homem normal, comum, até banal, a marcar o seu território. Mas, há um tempo para conservar o tesouro de conhecimento acumulado e há outro tempo para dar um salto qualitativo e tentar uma nova aproximação, um novo modelo de descrição e explicação da realidade. O termo “mecânica quântica” já vai fazer 100 anos. Já chega de conservadorismo.

lobo

O materialismo já morreu. É uma memória gravada em lápides, nos cemitérios da ciência, uma ressonância do passado de homens com barbas longas e brancas. Mas, muitos cientistas continuam amarrados a esse dogma.

antiga

Há alguém com coragem para sair porta fora e caminhar sozinho por uma estrada desconhecida, disposto a perder a bolsa, o prémio, a reputação, o elogio, a posição na hierarquia do grupo? Esse alguém não é eunuco.

A inovação não está no que já conhecemos, mas no que ainda não sabemos. Levante âncora. A estabilidade já perdura há demasiado tempo. A era é de inovação, de alteração de paradigma. Quem não levantar âncora e não navegar para o mar alto será varrido pelo tsunami que se aproxima.

âncora

A Eficiência Da Mecânica Quântica Na Fotossíntese

Os mecanismos quânticos não eram relevantes para a Biologia. Como se o realidade fosse bipolar e o que acontecesse na Escala de Planck ficasse na Escala de Planck.

Max Planck:

As a man who has devoted his whole life to the most clear headed science, to the study of matter, I can tell you as a result of my research about atoms this much: There is no matter as such. All matter originates and exists only by virtue of a force which brings the particle of an atom to vibration and holds this most minute solar system of the atom together. We must assume behind this force the existence of a conscious and intelligent Mind. This Mind is the matrix of all matter.

A primeira reação do Seth Loyd à notícia do New York Times de que uma bactéria de enxofre verde fazia computações quânticas durante a fotossíntese foi uma gargalhada coletiva, juntamente com os colegas de trabalho, que constroem computadores quânticos.

bacteria enxofre verde

O Seth Loyd é professor de Engenharia Mecânica no Massachusetts Institute of Technology. Tem estudos formais em Arte, Filosofia, Matemática e Mecânica Quântica. Depois da boa disposição, o Seth Loyd leu a notícia e ficou curioso. E foi fazer ciência. Afinal, é isso que um cientista de verdade faz…

Isso deve ser isto. Não aquilo.

A propósito do dogma na gestão das empresas, vamos regressar à interdisciplinariedade adiante. Fica a nota que quem vê todas as cores do arco-íris não se deixa afundar numa lógica rígida e binária de branco ou preto.

O Seth Loyd estava particularmente interessado em confirmar a existência de mecanismos quânticos relevantes para a fotossíntese.

As bactérias de enxofre verde usam uma protéina chamada FMO como antena, que captura e transfere luz para fotossíntese.

A FMO contém moléculas de clorofila, que atuam em grupo e absorvem fótons. A cada antena está associado um centro de reação, onde ocorre a transformação da energia em energia química.

fmo

O Seth Loyd estudou o mecanismo de transporte da energia desde a antena ao centro de reação, onde éxcitons, uma quase partícula, dada a sua dualidade partícula-onda, propagam como uma onda através das moléculas de clorofila até ao centro de reação, mecanismo muito mais rápido que qualquer mecanismo clássico de transporte.

A perda de energia deste mecanismo, quantum walk, é quase nula, sendo a eficiência do transporte superior a 95%.

A aplicação desta tecnologia às células solares fotovoltaicas pode representar uma revolução na indústria energética.

Eu teria que estudar durante semanas, senão meses, a fotossíntese, para apresentar uma explicação suficiente. Mas, posso retirar três ideias básicas do que li.

  • Não podemos varrer os mecanismos quânticos para debaixo do tapete e fazer de conta que não existem ou não são relevantes.
  • Quando pesquisei “quantum biology”, no Google Acadêmico, encontrei 3620 documentos. Se extendesse o âmbito da pesquisa a outras palavras chave diretamente associadas, encontraria muitos mais. E, no Google Web, encontrei 124 000 documentos.
  • A aplicação prática do que podemos aprender com a biologia quântica é demasiado importante para ficarmos encalhados no dogma.

O Dogma Na Gestão Das Empresas

Numa empresa, o pensamento estratégico, os processos operacionais, as relações entre pessoas na organização, as crenças que determinam a cultura da empresa cristalizam. Essa devoção à cultura do sucesso resiste a qualquer alteração abrupta no ambiente. E é fácil compreender a razão da dificuldade em alterar hábitos, crenças e dogma. O sucesso dessas pessoas foi construído com essas fundações.

Já imaginou pedir a alguém que deite a casa abaixo e a construa de novo?

fundações

Mas, a adaptação a alterações abruptas no ambiente é necessária. E, a empresa que não se adaptar, grande ou pequena, não sobreviverá.

Ora, a realidade aumentada, a tecnologia dos sensores, a network of things, no imediato, os computadores quânticos, as descobertas da biologia e da medicina, num futuro próximo, são revoluções que afetarão todos os mercados. Novidade rápida, abrupta e que muda tudo. Nada será igual.

realidade aumentada

Alguns gestores não vêem a novidade que se aproxima. Não são capazes de olhar para o céu e cheirar se vai chover ou não. Outros tentam integrar a nova informação na cultura da empresa, sem compreenderem todas as implicações dessa informação. Por vezes, é necessário um salto não algorítmico para um maravilhoso mundo novo. Reinventar, criar de novo.

Finalmente, podem falhar na liderança. São confrontados com a paralização dogmática sobre a qual já conversamos. Uma das funções duma raíz é a fixação ao solo. Ora, por isso mesmo, não é facíl arrancar uma raíz velha para a substituir por uma raíz nova. Criou hábitos. Ramificações. E cumplicidades. E, sem uma liderança forte, a inércia vence e a empresa perde.

liderança

A experiência de gerir uma empresa é um passo inicial, depois da educação teórica, na formação prática dum gestor. Um gestor fechado num livro de gestão sabe tanto sobre gestão como um invisual sabe sobre cores. O respeito que tenho por todas as pessoas que vivem condicionadas pelos respetivos genes ou natureza não extendo aos que fecham os olhos porque já sabem tudo. Afinal, leram muitos livros

É essencial vivenciar a gestão, na família, na sociedade, na arte, na filosofia, nas ciências. São teatros onde podemos intuir os problemas e as soluções do futuro. E onde podemos ganhar o hábito de olhar o mundo através dos olhos doutras pessoas, do pintor, do músico, do poeta, do realizador, do escritor, do filósofo, do físico, do biólogo, do sociólogo, do psicólogo e do engenheiro.

A perspetiva interdisciplinar da realidade facilita a descoberta e integração da novidade. O gestor exercita um pensar e um sentir multidimensional que adiciona plasticidade aos pensamentos e emoções. Sente, vê, ouve, cheira, saboreia a novidade antes dos outros.

pintar

O gestor fechado na sua especialização, Gollum “My Precious”, dificilmente será capaz de enxergar a novidade. Não seja um gestor Gollum…

gollum

Sobre Rui de Oliveira Soares
Rui de Oliveira Soares
Eu sou o Rui. Sou Alma.
Deixe um Comentário