Startups, Glamour, Dores Nas Costas E Cabelos Brancos

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Se já fez start a este texto, leia até ao fim 🙂

Montar uma startup pode ser um sonho de vida e, ocasionalmente, um pesadelo. Frequentemente, uma mistura improvável e estranha dos dois mundos que nem todos estão preparados para lidar!

Se está em fase de montar, criar ou juntar-se a uma startup saiba que nem tudo é “cool”, fantástico e inspirador neste mundo exigente e tantas vezes apresentado como sexy: não deixa de ser, mas há mais pano do que pode parecer ao observador menos atento 🙂

As empresas e negócios ou projectos tipicamente em fase de arranque e que são agora tão faladas – mais recentemente com uma pequena ajuda do SharkTank português que ajudou a popularizar o fenómeno – são frequentemente apresentadas com uma aura sexy, inspiradora, recheada de “open spaces” e malta divertida e criativa com a “one million dollar idea” na gaveta. Mas nem tudo é glamour, criatividade e energia no fantástico e dinâmico mundo das startups.

Sono, dinheiro e tempo livre, esses subsídios de luxo!

As startups são organismos empresariais complexos, socialmente exigentes que no mínimo dos mínimos, podem muito bem provocar dores nas costas, cabelos brancos, sorrisos variáveis e irregulares e prováveis “furinhos” na carteira ou na conta. Em casos extremos podem causar afastamento social, tendências para dormir o mesmo número de horas que se demorava em jantares e almoços de amigos e alguns olhares de soslaio quando entra na sua agência bancária.

Claro que em alguns felizes casos, os mentores de uma startup podem passar a ser uma estrela no seu banco de eleição, que até então não os conhecia de lado algum a não ser para cobrar as pequenas e recorrentes comissões de manutenção bancária.

Se considera que é uma pessoa pouco paciente (com avidez de resultados imediatos) e que o conforto económico (salário fixo, férias e subsídios) está acima de qualquer patamar, deve falar com fundadores de startups que não tiveram sucesso ou que aprenderam que o fracasso é uma etapa cheia de lições de vida preciosas no caminho para a prosperidade. As startups não são mares de rosas, mas sim aprendizagens edificantes de vida profissional, gestão e sacríficio. Portanto, analise bem se é adepto do risco e se tem o espírito adequado para arriscar.

Pode demorar mais tempo do que o expectável para conseguir atingir o sucesso.

Startups, micro-gestão para super empreendedores

Gerir uma startup requer uma elasticidade fora do comum, a capacidade de nos colocarmos como funcionários e gestores, criativos e contabilistas, fornecedores e clientes, visões que tantas vezes colidem na forma e no objetivo. Desenvolver um espírito compartimentado de necessidades diferentes, quando neste caso são as mesmas, pode ser um desafio intelectual e financeiro a ter realmente em conta.

Aprender olhando para fora, falando com outros empreendedores e mentores de startups com mais tempo e experiência pode ser um atalho interessante para este caminho árduo. Outro, é concentrar a maior parte do tempo e recursos no “core” da actividade delegando em “outsourcing” tarefas que não fazem mesmo parte das “skills” dos empreendedores. Nem sempre é fácil porque acarreta e comporta custos, mas pode também significar manter a mente focada no que interessa e no que se sabe fazer bem. Ainda que manter o espírito multi-disciplinar é absolutamente imperioso para a fase do arranque e consolidação, optimizando custos desnecessários.

dificuldades startup

Startups, pedras e castelos, as dificuldades de uma startup

Pedras no caminho? Junto-as a todas e construa um castelo”. Pode ser uma frase tipicamente vista no Pinterest, ou nas mais variadas mensagens inspiracionais que circulam no Facebook e no Linkedin, mas é também um dos lados mais positivos: lidar diariamente com obstáculos, dores, falhas, processos mal geridos, falhas de conhecimento em diversos sectores, e construir o nosso próprio caminho tantas vezes negado nas empresas “tradicionais” com órgãos de gestão mais conservadores e com pouca propensão para mudanças.

Aqui, no universo das startups, quem manda são mesmo os empreendedores, a menos que o sucesso bata cedo à porta e uma injecção de capital possa mudar o corpo dos decisores máximos. Perde-se poder, ganha-se autonomia financeira e capital.

O ecossistema das startups em Portugal

Felizmente, já começamos a ser uma presença constante no radar do empreendedorismo, das startups de sucesso e de alguns casos de internacionalização bem sucedida de empresas recentes que abriram as portas ao mundo e levaram para fora das nossas fronteiras o talento português, tantas vezes despercebido. Iniciativas universitárias de apoio a empresas, congressos e palestras de empreenderismo, workshops livres e prémios de inovação têm despontado um pouco por todo o país, com mais concentração – natural – nas cidades com maior densidade ou capital humano, fazendo deste sector um entusiasmante e dinâmico agente na geração de economia, postos de trabalho e desenvolvimento de investigação, inseridos num clima económico pouco amigável.

Os business angels e capitais de risco, têm feito também o seu papel no apoio a projectos que consideram interessantes do ponto de vista do crescimento, escalabilidade e expansão.

Startups: um sonho que vale a pena

Para as mentes irrequietas, esquecendo o lado mais exigente, é também uma oportunidade única, um sonho de vida e um estilo de actividade que em mais lado algum se pode alcançar a não ser com uma equipa dedicada, inspirada, com a camisola a 100% e mangas arregaçadas. Conhecer o lado menos positivo ou mais exigente é apenas uma necessidade para alcançar o sucesso. Errar, falhar, aprender, investir e reformular, sempre.

Start. Up, é o caminho!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Artigos Relacionados

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Procura

ARTIGOS POPULARES

10 Etapas para criar um e-commerce e vender na maior loja do mundo!

Ter um computador com acesso à internet é fundamental, mas não basta para começar a vender na maior loja do mundo. Conheça as 10 etapas para criar um e-commerce, aqui!

Como abrir uma loja virtual em Portugal

Da legislação ao software de faturação, passando por uma série de especificações técnicas! Tudo o que precisa de saber para abrir uma loja virtual em Portugal!

12 Passos Para Abrir Uma Loja Online

Hoje em dia, esteja onde estiver e seja a que horas for, desde que tenha acesso à Internet, pode entrar numa loja online, colocar um produto no carrinho de compras, pagar e aguardar a entrega na comodidade do lar. Assim, motivos não lhe faltam para desejar abrir uma loja virtual.

Como Vender No Ebay Passo A Passo

Saiba como vender no ebay passo a passo Vender no eBay, na empresa de comércio eletrónico mais conhecida no mundo, é semelhante a vender

25 Ideias Para Criar Uma Pequena Empresa

Investimento reduzido + espírito empreendedor = negócio rentável Se tem interesse em abrir um negócio lucrativo mas pouco dinheiro para investir, não esmoreça.

Como Abrir Uma Loja Na Internet

Saiba como abrir uma loja na Internet. Vantagens e benefícios de uma loja na Internet. Além de ser uma solução fácil de implementar e gerir, uma loja online apresenta inúmeras vantagens

Como dominar um teste psicotécnico antes que ele o domine a si

Os testes psicotécnicos são uma ferramenta de seleção utilizada em todo o mundo em processos de recrutamento de candidatos para um trabalho, geralmente antes de ser realizada uma entrevista.

A Importância Da Comunicação

Tanto em família como em negócio, não dar importância à comunicação significa perder oportunidades de construção de um bom relacionamento.

Como Abrir Uma Empresa Online?

Para que seja mais fácil abrir uma empresa online e gerar um desenvolvimento económico, o Portal da Empresa desenvolveu ferramentas que permitem criar, de forma simples e segura, empresas online.

Como Criar Uma Empresa Da Forma Tradicional Passo A Passo

O método Tradicional de criação de uma empresa é o mais demoroso, pressupõe várias deslocações e uma atenção acrescida. Contudo, tem a vantagem do contacto pessoal e da facilidade de esclarecimento de dúvidas.

Conteúdo

Startups, Glamour, Dores Nas Costas E Cabelos Brancos

Usamos cookies para que o site funcione corretamente, personalizar conteúdo e anúncios e para analisar o nosso tráfego.
Consulte a nossa política de privacidade.