Problemas Que Impedem O Seu Site De Gerar Mais Leads

aumentar leads

Como Gerar Mais Leads No Seu Site

Não interessa como está o seu site à data de hoje. O que é importante é que pode sempre melhorá-lo de modo a gerar mais oportunidades de venda. Muitas vezes há pequenas alterações que podem fazer a diferença. Comece por não se preocupar tanto em aumentar a quantidade de visitantes, mas sim em otimizar o site para começar a aproveitar melhor os visitantes que já tem. E depois, foque-se nas estratégias de marketing que o vão ajudar a angariar clientes. Mas antes de mais, interrogue-se sobre o facto de o seu site não gerar mais leads. Está convencido que nada pode fazer em relação a isso? Errado… verifique se não está a cometer algum, alguns ou até todos os erros mais comuns nos sites de empresas. Se estiver emende-os hoje mesmo de forma a conseguir construir uma base de dados de leads generosa e gratificante.

aumentar leads

ERRO 1 Poucos pontos de contacto

O seu site possui apenas uma forma do potencial cliente entrar em contato com a empresa? Errado. Normalmente os sites tem um menu chamado “contactos” ou “fale connosco” onde pode retirar um número de telefone ou email mas isso não facilita o contacto porque obriga o visitante a dar seguimento a alguns passos para conseguir falar com a empresa.

Simplifique. Coloque outros call-to-action ao longo do site para incentivar o contacto através de diferentes formas: pedido de contacto, orçamento, questões e dúvidas, demonstrações, testes, etc.

ERRO 2 Pouco conteúdo

No seu site estão apenas os nomes dos produtos/serviços que vende e os respetivos preços? Errado. Para a maioria dos potenciais clientes a informação sobre produtos e serviços tem de ser mais completa, de forma a que percebam se conseguem resolver os seus problemas com a solução que a sua empresa oferece. O conteúdo não deve ser somente sobre a sua empresa ou setor de atuação, deve focar o “problema” que sua empresa resolve colocando-se como a “solução”, evidentemente.

Assim, não só aumenta o número de visitantes como se posiciona bem melhor nos motores de busca.

Com conteúdo qb e relevante no site, consegue prender o visitante e ganhar a sua confiança, tentando depois que ele entre em contacto com a sua empresa através de uma qualquer call-to-action.

ERRO 3 Ter apenas conversões diretas

No seu site entram apenas as conversões diretas? Errado. Claro que os melhores leads são aqueles que provém de conversões diretas, ou seja, de visitantes que procuram a sua empresa com uma intenção definida (contacto, pedido de orçamento, etc). Mas esse grupo de pessoas é pequeno comparado com o total de visitantes, pelo que não pode dar apenas atenção a ele. Repare que a maioria dos visitantes do seu site nem sequer se decidiu pela compra na sua empresa, até porque nem sequer entendeu qual a solução para o seu problema. Portanto, se se focar apenas no público que está na etapa final do ciclo de compras, desperdiça uma série de potenciais clientes. Atraia ao seu site as pessoas que ainda não têm intenção de compra com novos conteúdos, como notícias, artigos diversos, passatempos, etc. Se conseguir oferecer um ebook, por exemplo, em troca de informações do visitante como nome e email, ótimo! No futuro, vai ser mais fácil chegar até essas pessoas e gerar mais vendas.

ERRO 4 Fazer campanhas que aterram na home page

As suas campanhas nas redes socais aterram na home page do site e pronto? Errado. Uma excelente forma de angariar visitas no seu site é fazer campanhas de publicidade paga, como Google Adwords ou Facebook Ads. Mas sem cometer o erro de colocar online um anúncio atrativo sem se preocupar com o URL de destino desse anúncio, ou seja, para onde deseja enviar o visitante. Quando insere um URL, envia o seu visitante para uma página que tem exatamente o que ele procura em perfeita sintonia com o anúncio ou campanha. Pode ser, por exemplo, uma página de produto, serviço ou até mesmo um artigo no site que dê mais informações. Este tipo de estratégia gera mais resultados do que simplesmente enviar o utilizador para a home page do site.

ERRO 5 Não criar um formulário para sua oferta

Está a oferecer conteúdo interessante sem pedir nada em troca? Errado. Quando cria conteúdos de qualidade deve saber exatamente o que fazer com eles. E o primeiro passo é publicá-los no seu site. Mas que fazer depois das pessoas lerem ou fazerem download do seu conteúdo? Como as acompanha de modo a perceber quantas fizeram de facto download? Poderá o processo de relacionamento com a sua empresa ter terminado por ai? Trabalhe o seu Inbound Marketing! Até pode distribuir conteúdo sem pedir nada em troca mas pelo menos tente que nalguns casos os visitantes do seu site tenham de preencher um formulário numa landing page para ter acesso ao seu conteúdo. Só assim pode fazer um acompanhamento.

ERRO 6 Não tornou suas landing pages interessantes

As suas landing pages não são propriamente interessantes? Errado. Mesmo que tenha criado um ebook espetacular onde investiu meses de trabalho se não tem uma landing page interessante, os visitantes do site não vão ter vontade nenhuma de preencher o seu formulário para receber esse ebook (ou outro conteúdo qualquer). Esqueça as landing pages sem imagens e com parágrafos e formulários extensos. Pense que os visitantes têm pouco tempo a perder e por isso seja objetivo.

Uma imagem atraente que se relacione com o conteúdo e um parágrafo de texto são quanto basta para acompanhar um formulário que, também ele, deve ser simples e curto.

ERRO 7 Não é óbvia a sua oferta na landing page

Os visitantes do seu site não percebem logo o que está a oferecer? Errado. As suas landing pages devem revelar logo o que está a oferecer através de uma chamada de atenção, imagem e texto do call-to-action do formulário. Se algum destes elementos não indica sobre o que se trata a sua oferta (ou se não tem nenhum desses elementos), prepare-se para refazer as suas páginas.

ERRO 8 O seu formulário é muito extenso

Tem um formulário, sim, e os visitantes têm de preencher 50 campos antes de conseguirem fazer o envio? Errado. Se o seu formulário for muito extenso, vai desencorajar as pessoas de o preencherem, mesmo as que têm um interesse genuíno no seu produto/serviço. Mais uma vez: o tempo vale ouro, o seu e o dos seus potenciais clientes. Será que para potenciais clientes o “nome”, “apelido” e “email” não são suficientes?

Não inclua muitos campos no formulário nem os inclua sem um objetivo definido.

ERRO 9 O seu formulário está corrompido

Ops! O seu formulário afinal não funciona? Deve testar sempre os seus formulários depois de criar as suas landing pages de modo a que tenha a certeza que estão a redirecionar para uma página de confirmação depois de clicar em “enviar”. E atenção, que em caso de mau funcionamento, as informações provavelmente não são armazenadas no banco de dados.

ERRO 10 Deixar o botão “enviar” com o texto “enviar”

Se lhe deu para a preguiça no que toca a renomear os botões, não vai longe. Todo o espaço para texto na sua landing page é uma oportunidade para convencer os visitantes de que devem preencher o formulário e fazer download do que está a oferecer. Deixar o botão “enviar” com o texto “enviar” é uma oportunidade desperdiçada. Personalize esse texto de acordo com o seu conteúdo, escrevendo, por exemplo, “download de ebook” ou “versão demo” ou “apresentação” ou “orçamento gratuito”…

ERRO 11 Esquecer-se de inserir calls-to-action no site

Não se lembrou de inserir cal-to-actions no site da sua empresa? Errado. Mesmo que tenha uma landing page perfeita, não angaria leads se as pessoas não a conseguirem encontrar, verdade? Inclua calls-to-action que levam à sua landing page na sua home page, na barra lateral do seu blog, no final de cada publicação no Facebook, no seu preçário, etc.

Está a cometer algum destes erros básicos? Se sim, prepare-se para começar a melhorar os seus pontos frágeis de acordo com as nossas dicas e veja como consegue notar diferenças significativas nos acessos ao seu site.

Sobre Sofia Santos
Sofia Santos
Licenciada, pós-graduada e mestre em Comunicação, exerce atualmente a atividade de Técnica de Marketing na PC.Clinic. Adora as estratégias online para difusão de marcas, produtos e serviços de empresas mas gosta mais ainda de as usar para ir ao encontro dos desejos e necessidades dos consumidores mais exigentes. Pelo meio não consegue largar a produção de conteúdos de qualquer género e em qualquer tipo de suporte. Para ela escrever é dançar com as letras. É brilhar, rodopiar, suar, cansar, aprender, rir e sonhar. Ir e voltar sem sair do lugar.
Deixe um Comentário