Como fazer um site… em apenas 6 etapas

como fazer um site

Saiba como fazer um site… em apenas 6 etapas!

Vai abrir uma empresa e precisa de fazer um site? O seu negócio já existe há algum tempo, mas não tem visibilidade online? Possui uma página empresarial no Facebook, mas percebeu que infelizmente isso não chega para conquistar novos clientes na Internet? Seja qual for o motivo que o impele a contruir o seu próprio site e poupar algum dinheiro em recursos humanos e técnicos, temos uma boa notícia! Existem vários sitebuilders ou plataformas faça você mesmo que lhe permitem criar um site de forma fácil, rápida e eficaz. E na posse desta informação, caro leitor, resta-lhe seguir as nossas 6 etapas e construir um site para a sua empresa capaz de conquistar leads e gerar vendas!

Etapa 1 – Pesquisar pela melhor plataforma para fazer um site

O primeiro passo é no sentido de procurar pela melhor plataforma para fazer um site. Numa simples pesquisa na Internet pode receber várias soluções, pelo que o ideal é considerar os prós e contras de todas elas antes de se decidir, sim? Repare que se até há uns tempos, a maioria dos sites era construída utilizando HTML, CSS e até mesmo Flash, hoje em dia, como esses códigos são complicados para um leigo na matéria, existem várias soluções mais simples, baseadas em sistemas de gestão de conteúdo (CMS) como o WordPress que facilitam a criação de um site.

Um CMS é um sistema de gestão de conteúdo amigável para construção e gestão de sites que não exige conhecimentos de programação nem de web design. Desta forma, é possível fazer um site num par de horas, até porque um CMS costuma disponibilizar uma série de templates e funcionalidades que basta escolher e adicionar ao projeto.

Se procura por um CMS para criação de sites, clique aqui!

Etapa 2 – Registar o domínio

E agora que escolheu uma plataforma para construir o seu site, escolha o domínio, tendo em conta que domínio é o endereço que o utilizador vê no browser quando chega ao seu site. Por exemplo: www.fazeromeusite.pt.

O processo para registar o domínio é simples, mas vai precisar de escolher entre domínio nacional (.pt) ou internacional (.com); escolher um nome que ainda não tenha sido registado (de preferência um nome simples e fácil de memorizar) e depois recorrer a uma empresa que venda domínios, para o adquirir e registar (existe a possibilidade de registar um domínio de forma gratuita, mas não aconselhamos).

Etapa 3 – Selecionar um serviço de alojamento

E agora que tem o seu domínio, procure por um serviço de alojamento – porque não junto da empresa que lhe vendou o domínio? – para ter um local onde guardar todos os ficheiros do seu site, deixando-os acessíveis a qualquer utilizador (sejam textos, fotografias, imagens ou vídeos, sejam ficheiros HTML, PHP, JavaScript, CSS, etc).

Este serviço de alojamento normalmente é adjudicado a empresas provedoras de alojamento de sites que, regra geral, fornecem um espaço nos seus servidores para que os clientes possam ter um site acessível 24 sob 24h.

Escolha um dos nossos planos de alojamento de sites com painel de controlo!

Usufrua de múltiplas opções, organizadas por categorias de funcionalidades necessárias na gestão do alojamento web: domínios, emails, ficheiros, bases de dados, programação, estatísticas, segurança…

Dê ao site da sua empresa, a melhor morada na web!

Etapa 4 – Escolher o template

E agora sim, vamos à etapa mais divertida! Escolher o template do seu site! Em primeiro lugar, dê preferência a um design responsivo que se adapte automaticamente ao tamanho do ecrã do equipamento do utilizador. Em segundo lugar, já que decidiu fazer você mesmo um site, prefira um dos templates disponíveis no construtor de sites. Isso vai facilitar-lhe a vida! E não se preocupe porque apesar da personalização não ser a 100% (outra empresa pode escolher o mesmo template), existem milhares de imagens à escolha no WordPress (e noutras plataformas) com um design profissional e com alta qualidade, de modo que o difícil vai ser selecionar o template que melhor se adapta ao seu negócio e cujas características são mais compatíveis com o perfil e com as necessidades do seu site!

Na pme.pt temos até 350 templates responsivos à escolha! Consulte o nosso serviço de criação de sites!

Etapa 5 – Criar conteúdo e editar imagens

E agora que tem o template escolhido, é hora de começar a produzir o conteúdo para o seu site. De preferência conteúdo relevante e de leitura fácil, capaz de atrair o seu público-alvo. E otimize todos os textos com SEO (Search Engine Optimization) para que o Google ou outro motor de pesquisa, possa entendê-los e listá-los nos resultados de pesquisa dos utilizadores. Assim, entre outras dicas, não se esqueça de incluir a keyword ou palavra-chave principal no título de cada texto; dar a indicação da headline para HTML em todos os título e subtítulos; escolher um URL curto e objetivo para cada página e incluir a palavra-chave principal e preencher sempre os campos de SEO para o title e meta description da página/conteúdo, pois é essa a informação que irá aparecer no Google quando alguém pesquisar por esse assunto.

Editar imagens. Ao fazer um site, é possível que queira adicionar diferentes imagens, mas é importante ter em atenção os direitos de autor e usar sempre imagens com qualidade e definição que baste, que atraiam visitantes e que de alguma forma os ajudem a melhor compreender os conteúdos do seu site. E lembre-se de adotar um estilo que passe consistência ao seu site, ou seja, com fotos e/ou ilustrações que combinem entre si.

Etapa 6 – Adicionar novas páginas

Escusado será dizer que na criação de sites, para colocar o seu conteúdo, incluindo imagens, terá de ir adicionando novas páginas. O processo é simples! Independentemente da plataforma que escolher, seguramente que basta procurar na barra lateral do painel de controlo a indicação “adicionar nova página”. E se tem dúvidas em relação ao número e aos temas das diferentes páginas de um site, saiba que a maioria dos projetos apresenta uma home page ou página inicial mais genérica e atrativa que todas as outras e depois a página sobre a empresa (quem somos), a página sobre os produtos/serviços que vende, a página com o portfólio, casos de sucesso ou principais clientes e a página de contactos. Este modelo costuma funcionar bem, mas na hora de decidir a quantidade e os temas das páginas de um site, o que mais importa é o tipo de negócio e o diferencial face à concorrência.

E agora, sim… Parabéns, o seu site está online!

Precisa dum sitebuilder para criar você mesmo o site da sua empresa? Use a nossa ferramenta drag and drop com 350 templates responsivos!

Sobre Sofia Santos
Sofia Santos
Para ela escrever é dançar, rodopiar, suar, cansar, brilhar, aprender, rir e sonhar. Ir e voltar sem sair do lugar!

Licenciada, pós-graduada e mestre em Comunicação.

Certificada em Content Marketing e Inbound Marketing pela HubSpot Academy.

Lançou o projeto Conteúdo & Manteúdo - de produção profissional de conteúdos para web – com a missão de melhorar o posicionamento da informação dos negócios nos motores de pesquisa, atrair um público-alvo específico, aumentar o número de acessos e partilhas, fidelizar leitores, ampliar a visibilidade e autoridade das empresas e, claro, conquistar clientes e torná-los clientes fiéis!

No fundo o seu objetivo é redigir artigos que possam interessar e oferecer soluções para os problemas dos clientes… dos seus clientes!
Deixe um Comentário