Bem-vindo ao pme.pt

Apoio Digital para o Crescimento da Sua Empresa: Transforme a Sua Presença Online de Forma Fácil e Acessível

Marketing e Redes Sociais Últimos Artigos

Campanhas de remarketing: o que são?

Campanhas de remarketing: o que são e como podem gerar melhores resultados?

Segundo dados do Google, apenas 3% dos visitantes de uma loja online fazem a compra à primeira. Se se contenta com esses 3%, esqueça as campanhas de remarketing e passe à leitura de outro artigo. Mas se gostava de aumentar o número de visitas e vendas fique por aqui e percebe o que é, como funciona e como se pode melhorar os resultados de remarketing.

Remarketing – O que significa?

Remarketing é uma ferramenta de retargeting do Google Ads criada para divulgar anúncios a pessoas que tenham manifestado interesse por um produto/serviço.
Genericamente, quando os utilizadores fazem uma visita a um site e se mostram interessados em comprar determinado produto, o remarketing começa a exibir anúncios em forma de oferta ou mensagens sobre aquele tipo de produto, incentivando as pessoas a regressarem ao site e a realizarem a compra.

Se ainda não tem uma loja online, leia o nosso artigo sobre como abrir uma loja na Internet.

Remarketing – Onde surgem os anúncios?

Em blogs, redes sociais, sites e jornais online que estejam ligados à rede display do Google, os chamados parceiros Google que participam do seu programa de afiliados.

Remarketing – Quem pode utilizar?

Qualquer empresa que tenha negócios na Internet, nomeadamente um site ou loja online, pois as campanhas de remarketing permitem alcançar mais pessoas que visitaram um site anteriormente, exibindo-lhes anúncios relevantes quando visitam outros sites, blogs ou redes sociais.

Exemplo: Imagine um consumidor que visita uma loja de desporto online e mostra interesse por determinado calçado de ténis, clicando na imagem para o visionar. Agora imagine que esse mesmo consumidor, desiste da compra, ou seja, sai do site sem efetuar nenhuma ação. Com uma campanha de remarketing, essa loja de desporto consegue “perseguir” a pessoa em causa com anúncios alusivos a esses ténis em particular durante algum tempo e em várias plataformas diferentes na Internet, como Facebook e sites de notícias, entre outros. E os anúncios localizados nesses diferentes sites que fazem parte da rede de parceiros Google podem, inclusive, ser personalizados para esse utilizador em especial com mensagens apelativas a falar de descontos ou entregas grátis.

Campanha de remarketing – Como funciona?

Agora que já percebeu o que é uma campanha de remarketing talvez lhe interesse perceber o seu funcionamento. É simples! Quando um utilizador visita um site que esteja a aderir a este tipo de publicidade, o Google insere um cookie no seu navegador de modo a que diversos anúncios relacionados com o produto que viu comecem a aparecer na rede de display dos sites parceiros Google. Seguramente que esse site informa o visitante sobre a política de privacidade e solicita permissão para usar cookies ou sinalizadores que ficam armazenados no seu computador e vinculados a uma tag inserida no código do mesmo. Depois, quando o visitante aceder a outros sites, o Google identifica o cookie e exibe o respetivo anúncio dessa campanha normalmente durante 30 dias. Após esse prazo, os cookies são apagados e o visitante não vai continuar a ver os anúncios.

Campanhas de remarketing – Quais as principais vantagens?

A grande vantagem para uma empresa é ver o seu produto/serviço aparecer mais vezes ao consumidor, durante um período pré-determinado, obrigando-o a recordar-se dele.
Assim, além de estimular as vendas de um site, as campanhas de remarketing também podem aumentar inscrições ou promover uma marca.

O remarketing alcança os potenciais clientes quando estão mais propensos a comprar porque nestas campanhas o público-alvo é personalizado, exibindo-se a mensagem certa à pessoa certa, no momento mais oportuno.

É ainda mais eficiente que uma campanha de Google Ads porque direciona os anúncios apenas para quem entrou no site em causa, ou seja, precisamente para quem revela um elevado potencial de compra.

No caso dos visitantes que abandonaram um carrinho de compras, o remarketing pode ser fundamental para levar a pessoa a concluir a compra.

Por fim, esta estratégia impulsiona o ROI (retorno do investimento) para todos os tipos de anunciantes e segmentos.

Campanhas de remarketing – Como melhorar resultados?

Existem algumas dicas a considerar caso esteja a começar agora as suas campanhas de remarketing ou caso estas não estejam a alcançar os melhores resultados.

1. Criar anúncios específicos para cada etapa de compra

Não é complicado fazer remarketing, mas também não é tão simples como exibir pura e simplesmente anúncios. Tal como numa campanha de Adwords, este tipo de publicidade exige um plano, neste caso desenvolvido de forma a atingir um público-alvo de acordo com os diferentes estágios ou etapas do processo de compra, também chamados de Buyer’s Journey. De acordo com este conceito, há um conjunto de etapas que um consumidor atravessa rumo a uma compra: conscientização, consideração, compra ou fidelização). Para identificar a etapa em que o seu consumidor se encontra e adequar-lhe o anúncio, deve utilizar um sistema de listas semelhante à segmentação para email marketing de modo a dividir os visitantes do seu site ou loja online de acordo com o tipo de ação tomada: pessoas que só pesquisarem um produto, pessoas que viram os preços, pessoas que abandonaram um carrinho de compras, etc. Depois é só personalizar os anúncios para chegar o mais perto possível do objetivo do utilizador e gerar vendas.

2. Experimentar todos os formatos e tamanhos de anúncios

Mesmo que já tenha uma ideia clara sobre o tipo e tamanho de anúncio que vai usar na sua campanha de remarketing, deve começar a disponibilizar anúncios em todos os formatos e tamanhos para que aos poucos possa perceber qual funciona melhor junto dos seus consumidores, e deixar online apenas aquele ou aqueles que estão a gerar melhores resultados.

3. Usar em simultâneo Google e Facebook

Para obter um maior alcance, deve usar os resultados de pesquisa do Google, rede display do Google e Facebook ao mesmo tempo. É verdade que o Google tem mais impacto e chega à esmagadora maioria dos consumidores, mas sendo o Facebook utilizado por mais de 1 bilião de pessoas, não deve ficar de fora.

4. Implementar landing pages atrativas

É preciso ter boas landing pages para realizar a conversão quando o remarketing levar o visitante para o seu site, e sendo que por landing page se entente a página de destino, ou seja, a página onde o utilizador vai parar e que tem por objetivo a conversão.

5. Não exagerar

Não corra o risco de exagerar e começar a incomodar o potencial cliente com um remarketing exaustivo (nunca mais de 8 exibições por dia), pois em vez de realizar a compra, o utilizador pode ficar com uma péssima imagem da sua loja.

6. Medir resultados

Faça testes e analise os resultados por segmento com frequência. Mantenha o que está a funcionar e faça alterações nos anúncios que não estão a alcançar os melhores resultados seja a nível de custo por clique (CPC) ou custo por aquisição (CPA), quando se alcança o objetivo final da campanha.

Como medir resultados de marketing online, aqui!

Não tem mais motivos para adiar o remarketing na sua loja online. Aquela que é uma das ferramentas mais eficientes do marketing digital, se bem implementada, tem tudo para gerar excelentes resultados!

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Procura

LER ARTIGOS

Como Criar um Plano de Negócios

Um plano de negócios bem estruturado é fundamental para o sucesso de qualquer empresa. Ele serve como um mapa abrangente, orientando os empreendedores e proprietários de empresas em todas as etapas do processo.

Segredos do Search Engine Marketing

Neste artigo vamos explorar os fundamentos do Search Engine Marketing (SEM), as suas vertentes, tendências emergentes e a importância dos motores de busca no processo de tomada de decisão do consumidor.

A Evolução e Importância do SEO

A presença online sólida é fundamental para o sucesso de qualquer negócio, com bilhões de pesquisas realizadas diariamente nos motores de busca como o Google, otimizar a visibilidade e os rankings dos nossos websites tornou-se uma prioridade estratégica e de sobrevivência.

Como Criar um Website Profissional para a Sua Empresa

O mundo ligado à Internet exige que as empresas tenham uma presença online forte. Um website profissional é a pedra angular para estabelecer a sua identidade de marca, comunicar com os clientes e vender produtos e / ou serviços online.

Cibersegurança: 10 Medidas Recomendadas para PMEs

Como podem as pequenas e médias empresas garantir que os funcionários estão devidamente formados nos fundamentos da cibersegurança?

Ransomware: A Ameaça Ciberlucrativa

O que é o Ransomware? É um tipo malware insidioso que encripta os dados das vítimas, tornando-os inacessíveis até que um resgate seja pago.

Gestão e Resolução de Conflitos nas Pequenas e Médias Empresas

Os conflitos são inevitáveis em qualquer ambiente de trabalho, especialmente nas pequenas e médias empresas (PMEs), onde as interações pessoais são mais próximas e intensas.

Conduzir Reuniões de Sucesso

Neste artigo vamos tentar resumir as melhores práticas para conduzir reuniões produtivas e envolventes, desde o planeamento até ao follow-up.

Conteúdo

Campanhas de remarketing: o que são?

Usamos cookies para que o site funcione corretamente, personalizar conteúdo e anúncios e para analisar o nosso tráfego.
Consulte a nossa política de privacidade.