5 Dicas para produzir conteúdos que gerem conversões

plano de marketing

5 Dicas para produzir conteúdos que gerem conversões

Não vale a pena escrever como se não houvesse amanhã só porque leu algures que “o conteúdo é rei”. Para atrair potenciais clientes não importa a quantidade, mas sim a qualidade, e nesse sentido aconselhamo-lo a seguir estas 5 dicas para produzir conteúdos que gerem conversões.

Se o objetivo da sua empresa não passa por produzir conteúdos que gerem conversões, pode passar este artigo à frente. Caso contrário, fique por aqui porque vamos desvendar algumas estratégias de marketing digital bem simples para atrair visitantes, sim, mas mais importante do que isso, para transformar esses visitantes em leads e mais tarde, convertê-los em clientes. Tome nota!

1. Produzir conteúdos que gerem conversões | Conheça a sua audiência

Antes de mais, diga-nos: sabe para quem está a escrever? É que é fundamental conhecer bem o seu público-alvo para desenvolver temas que interessem a essas pessoas na linguagem mais adequada para esse perfil de cliente. Repare que não adianta oferecer um conteúdo bem produzido, se ele não se relacionar com os interesses do seu público. Logo, se quer gerar conversões com os seus conteúdos, deve garantir que estes são valorizados pelos leitores e para tal, deve pesquisar o seu público-alvo antes de começar a redigir os textos, de forma a compreender quais os assuntos que lhe vão interessar… na hora!

2. Produzir conteúdos que gerem conversões | Escreva para resolver problemas

Depois de estudar bem os gostos, interesses, necessidades e expetativas da sua audiência, vai consegui escrever para resolver problemas, ou seja, desenvolver temas que deem resposta a alguma dúvida ou “dor” dos consumidores. E isso porque é esta a melhor – senão a única – forma de mostrar que a sua empresa tem produtos ou serviços capazes de colmatar necessidades, de melhorar a vida das pessoas ou, pelo menos, de lhes trazer satisfação e prazer.

Ainda que os seus conteúdos não sejam elaborados com o intuito de vender diretamente (já que o objetivo é estabelecer uma ligação com os leads ao longo do funil de vendas), aconselhamo-lo a esclarecer dúvidas, a mostrar que tem uma solução para uma necessidade (se necessário criando essa necessidade!) e a promover a sua oferta através de conteúdos que possa publicar nas suas diferentes plataformas digitais: de sites e blogs a redes sociais. Para tal, recorra a storytelling, ou seja, conte uma história persuasiva de acordo com esta estratégia de marketing de conteúdo que é capaz de promover os seus produtos/serviços, sem se focar diretamente na venda, mas levando o leitor a sentir empatia e vontade de se relacionar com a empresa.

3. Produzir conteúdos que gerem conversões | Escolha a palavra-chave mais relevante

A palavra-chave principal de cada um dos seus conteúdos é fundamental para a boa performance do artigo, e isso porque é ela que traz o tráfego orgânico dos resultados de pesquisa do Google até ao seu site ou blog. E porque é ela que dá aos leitores uma ideia sobre o texto!
Neste conteúdo que está a ler, por exemplo, usámos a expressão “produzir conteúdos que gerem conversões” como palavra-chave de cauda longa principal, porque entendemos respeitar o conteúdo em causa e o objetivo de marketing digital deste artigo: atrair utilizadores interessados em produzir conteúdos de qualidade, capazes de gerar conversões. Logo, a sua empresa também pode e deve tentar escolher palavras-chave que correspondam ao que o utilizador procura e ao que o artigo dá resposta.

4. Produzir conteúdos que gerem conversões | Use links internos

Um conteúdo não vive só de texto e imagem, é importante gerar valor através de links internos que garantam uma boa taxa de conversão, graças ao facto de manterem os leitores entretidos, entre diferentes páginas do site ou blog. Dai que a utilização de links internos seja uma estratégia muito utilizada para garantir a interação e a passagem para outros artigos de blog relacionados com o tema pelo qual o leitor mostrou interesse ou para páginas de produtos ou serviços onde o leitor pode efetivar uma compra, imediatamente.

5. Produzir conteúdos que gerem conversões | Coloque CTAs valiosos

Possivelmente coloca pelo menos um CTA ou call-to-action em cada conteúdo que produz, mas será que está a fazê-lo de forma correta? Esta pergunta é pertinente porque o modo como propõe uma ação ao seu utilizador é fundamental para aumentar as taxas de conversão. Nesse sentido, um CTA bem conseguido é aquele que dá uma proposta de valor sem fazer uma venda direta, e no exato momento em que o leitor está preparado para clicar no botão. Naturalmente que o conteúdo do CTA depende da fase, dentro do funil de vendas, em que o utilizador se encontra e por isso, tanto pode servir para atrair leads como para converter leads em clientes. No entanto, deve ser usado com moderação, destacando sempre de forma clara a “oferta” de modo que o leitor não resista. Por exemplo: neste blog da PME um dos principais objetivos é facultar informações de qualidade sobre temas relacionados com novas tecnologias (entre outras áreas) de forma a que os leitores consigam melhorar os resultados das suas empresas. Nesse sentido – e para terminar – resolvemos colocar como CTA, no final deste artigo, a seguinte indicação:

Agora que conhece as 5 dicas para escrever conteúdos que gerem conversões, é só clicar aqui para seguir as 6 etapas para criar conteúdos de qualidade num site!

Sobre Sofia Santos
Sofia Santos
Para ela escrever é dançar, rodopiar, suar, cansar, brilhar, aprender, rir e sonhar. Ir e voltar sem sair do lugar!

Licenciada, pós-graduada e mestre em Comunicação.

Certificada em Content Marketing e Inbound Marketing pela HubSpot Academy.

Lançou o projeto Conteúdo & Manteúdo - de produção profissional de conteúdos para web – com a missão de melhorar o posicionamento da informação dos negócios nos motores de pesquisa, atrair um público-alvo específico, aumentar o número de acessos e partilhas, fidelizar leitores, ampliar a visibilidade e autoridade das empresas e, claro, conquistar clientes e torná-los clientes fiéis!

No fundo o seu objetivo é redigir artigos que possam interessar e oferecer soluções para os problemas dos clientes… dos seus clientes!
Deixe um Comentário