Ofertas De Natal Para Os Trabalhadores Da Empresa

Livros, canetas, cabazes de Natal, vales de desconto, fins-de-semana em hotéis de luxo… As ideias para produtos ou serviços que pode oferecer neste Natal aos seus colaboradores são inúmeras. Cabe-lhe a si avaliar o objetivo da oferta (presente simbólico ou recompensa), confirmar o orçamento disponível e ir às compras.

Uma das formas tradicionais de comemorar o Natal é presenteando familiares e amigos. Nesse sentido muitas empresas fazem também questão de oferecer um pequeno presente aos seus colaboradores, aproveitando para agradecer o seu empenho diário e reconhecer o seu esforço e qualidade de trabalho dentro da empresa.

O problema por vezes é libertar orçamento para comprar presentes de Natal, particularmente em empresas com um grande número de funcionários. De facto, a nossa economia não está para grandes presentes, todos compreendemos isso mas ainda assim há organizações que podem e fazem questão de dar uma lembrança. É o caso da sua? Se sim, saiba que existem múltiplas formas de agradecer aos colaboradores sem necessidade de gastar muito dinheiro. É verdade! Como? Conheça as sugestões já de seguida!

ofertas de natal

1. Cabaz de Natal

Por que não começa logo em novembro a compor um cabaz de Natal. Compre uma cesta bem grande e aos poucos vá enchendo-a de comida e bebida (vinho, chocolates, fruta enlatada, presunto, sumos, frutos secos, queijos, etc). A meio de dezembro o seu cabaz já está a rebentar pelas costuras e é então que… pode fazer um sorteio! O colaborador que tiver a sorte de ganhar o cabaz vai ficar bastante feliz. Não lhe vai faltar um único alimento típico de Natal! E não obstante os outros colegas poderem ficar momentaneamente desanimados e irem de mãos a abanar para casa, fica sempre a ideia de que para o ano há mais. Para a sua empresa é uma forma simpática de colmatar a vontade de presentear as pessoas sem grandes despesas.

2. Bilhete de loteria

Eis uma forma bastante interessante e original de presentear os colaboradores de uma empresa! Dar um bilhete de lotaria. Além de oferecer a possibilidade (ainda que remota) de sair a lotaria a algum, é uma forma engraçada de agradecer às pessoas pelo seu trabalho.

3. Garrafa de vinho ou caixa de bombons

Outra boa ideia que não requer um orçamento elevado é oferecer uma garrafa de vinho aos homens e uma caixa de bombons às senhoras. Praticamente toda a gente gosta de vinho e chocolate (não necessariamente juntos) e a oferta vai ser consumida e pode ser consumida junto a familiares e amigos nas festas de Natal.

4. Brindes

Uma ideia simpática, útil e barata é oferecer brindes para o dia-a-dia, como canecas, tapetes para o rato personalizados, molduras, sweatshirts, chapéus-de-chuva, pens, malas, etc. São objetos sempre bem-vindos, sejam para usar na empresa ou para levar para casa.

5. Experiências

E porque não oferecer uma experiência? Através de um voucher aventura pode, por exemplo, oferecer uma experiência radical à escolha entre várias modalidades disponíveis: rafting, windsurf, alpinismo, motocross, vela, etc. Mas preste atenção ao tipo de pessoas que trabalham consigo. Se não têm perfil para desportos radicais ou outro tipo de aventura, passe à próxima sugestão.

6. Vale de desconto ou cartão presente

Ofereça um vale de desconto ou cartão presente para ser descontado numa compra numa loja que ofereça produtos passiveis de interessar a todo o tipo de consumidores, como hipermercados, grandes superfícies comerciais, livrarias, lojas de decoração, moda, etc. Dá ao seu colaborador a total liberdade de escolher o que mais lhe interessa, o que é sempre melhor do que receber um presente errado ou desadequado. E vai ver como ficam felizes.

7. Presentes só para as crianças

Uma forma de limitar as ofertas sem ficar mal visto é presentear apenas os filhos menores dos funcionários da empresa. Claro que se tem muitos colaboradores com dois ou três filhos pequenos, a ideia pode sair-lhe cara, mas se for um grupo de meninos relativamente pequeno, pode dividi-lo por sexo e faixa etária e tentar algum desconto numa encomenda de brinquedos. Os pais ficam felizes e os colegas sem filhos menores não vão levar a mal… afinal há quem diga que o Natal é para as crianças!

8. Amigo secreto

Se organizar a troca de prendas através do tradicional “amigo secreto” (sorteio em que cada colaborador tem de comprar uma prende para a pessoa que lhe calhou, sem que a mesma tenha conhecimento) terá de levar apenas a sua própria contribuição e fica descansado porque sabe que todos sairão presenteados. Para funcionar todos têm de participar, evidente, e desde os altos cargos aos mais baixos, para que assim todos sintam a união e um verdadeiro esforço.

Numa empresa pequena poderá organizar também a vulgar troca de presentes. Por exemplo, algo útil tanto para homem como para mulher até 10€. Todos oferecem um presente e todos ganham um presente, corre apenas o risco de levar para casa um objeto feio e perfeitamente inútil porque o anonimato deixa algumas pessoas mais à vontade para não fazerem grandes esforços na compra.

9. Jogos

Promova jogos para que os seus colaboradores ganhem prémios que podem ser interpretados como presentes de Natal. Algumas empresas utilizam prémios em vez de presentes para instigar os colaboradores a competir em diferentes jogos ou atividades para ganhar determinado prémio (tanto pode ser um carro como um televisor ou um tablet ou mesmo um voucher para um fim de semana numa pousada de Portugal). Mas atenção que para funcionar, o jogo precisa de ter regras e regulamento para garantir que é premiado o melhor e que cada funcionário sai com um prémio de consolação, por exemplo.

10. Gratificação

Já pensou em distribuir pelos seus colaboradores o bónus de Natal? Nada como receber uma gratificação em novembro ou dezembro quando tendencialmente se gasta mais dinheiro. Dar uma gratificação de Natal pode ser uma boa demonstração de apreço da sua empresa para com os trabalhadores.

11. Jantar de Natal

Também pode optar por, em vez de oferecer presentes, convidar todos os colaboradores da empresa para um jantar, num sítio suficientemente confortável e agradável onde todos se sinta bem e se possam relacionar, conhecer melhor fora do local de trabalho.

Independentemente do presente ou da falta dele, o que importa é que os seus colaboradores sintam que a administração ou gerência se lembrou deles e fez questão de agradecer o seu trabalho neste Natal. Boas festas!

Print Friendly

About The Author

Sofia Santos

Licenciada, pós-graduada e mestre em Comunicação, exerce atualmente a atividade de Técnica de Marketing na PC.Clinic. Adora as estratégias online para difusão de marcas, produtos e serviços de empresas mas gosta mais ainda de as usar para ir ao encontro dos desejos e necessidades dos consumidores mais exigentes. Pelo meio não consegue largar a produção de conteúdos de qualquer género e em qualquer tipo de suporte. Para ela escrever é dançar com as letras. É brilhar, rodopiar, suar, cansar, aprender, rir e sonhar. Ir e voltar sem sair do lugar.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *