Sobreviver Ao Primeiro Dia Num Novo Emprego

Há 15 dias atrás, quando saiu da entrevista de emprego, estava expectante. Lembra-se? E há uma semana, quando lhe anunciaram que a vaga era sua, ficou absolutamente feliz, certo? E agora, véspera do primeiro dia de trabalho no novo emprego, como se sente? Possivelmente a resposta é… ansioso e nervoso. Ui! A necessidade de causar boa impressão aliada à falta de à vontade com pessoas que (ainda) desconhece totalmente causa alguma inquietude.

primeiro dia no novo emprego

Garantir que os seus novos colegas e chefes simpatizam consigo no primeiro dia de trabalho não é tarefa fácil mas fique sabendo que mesmo nervoso, ansioso, inseguro, suado e a tremer das mãos, vai conseguir superar o primeiro dia com nota positiva se seguir estas dicas…

Conheça o trajeto para o novo local de trabalho com antecedência

Nada de se atrasar logo no primeiro dia. Se desconhece o tempo que demora da sua casa ao novo emprego, treine de véspera ou antevéspera esse percurso. Se vai de transportes públicos, verifique que transportes tem de apanhar para chegar ao seu novo local de trabalho a horas.

Pesquise por informações sobre a nova empresa

Antes da sua estreia no novo emprego, pesquise o máximo de informações possíveis sobre a empresa onde vai começar a trabalhar. As informações que vai recolher vão ajudá-lo a precaver-se de emitir algum comentário ou observação fora do contexto e vão permitir também que tenha algum conhecimento de causa sobre o negócio antes mesmo de começar as suas novas funções.

Acorde mais cedo

Apesar de ter feito o reconhecimento do trajeto casa-trabalho, no primeiro dia convém acordar meia hora mais cedo não vá surgir algum imprevisto que o possa atrasar.

Vista-se de forma adequada

Escolha de véspera e com algum cuidado a roupa que irá vestir no seu primeiro dia de trabalho. A roupa deverá estar enquadrada dentro daquela que será a sua futura função, evidente, mas também dentro do que é o espírito da empresa. Ou seja, não tem de aparecer vestido de fato e gravata se na empresa em causa todos usam roupa informal mas não apareça de calça de ganga e ténis numa empresa onde o dress code é fato e gravata.

Cumprimente todos os colegas

É natural que ao chegar ao local de trabalho, no primeiro dia, alguém se encarregue de o apresentar aos colegas mas não deve deixar de cumprimentar outras pessoas que for conhecendo ao longo do dia noutras situações. Mantenha o contacto visual, sorria e cumprimente com um aperto de mão todos os colegas com quem se cruzar.

Esteja confiante

Vá confiante. O facto de entrar com o pé direito convicto de que este novo desafio vai correr da melhor forma, é meio caminho andado para que (pelo menos) no primeiro dia de trabalho se saia muito bem.

Se não sabe, pergunte

Nada de se armar em esperto. Se não sabe, não tenha vergonha de perguntar aquilo que precisa de saber, nomeadamente nomes e funções dos colegas, procedimentos da empresa, horários, etc. Se optar por ir fazendo perguntas, não perde tempo a descobrir essa informação sozinho e evita mal entendidos. O mesmo se aplica a instruções que as suas chefias lhe possam comunicar. Se ficar com dúvidas e questões práticas a colocar sobre as suas funções e o funcionamento da empresa, não se acanhe. Lembre-se que colocar questões é um sinal de interesse e de dinamismo da sua parte.

Não fale muito, aproveite para ouvir

Nada melhor do que ficar sossegado a ouvir os colegas que o rodeiam para se inteirar do que o espera. Mantenha conversas e preste atenção não só às palavras dos seus novos colegas mas também à sua linguagem corporal. E mesmo que seja uma pessoa muito comunicativa, lembre-se que terá tempo para conversar e falar sobre si. No primeiro dia o melhor é escutar. Não é segredo para si que numa hora a almoçar com os novos colegas pode aprender mais do que num mês de trabalho, pois não?

Aprenda tudo o que puder

Porque ninguém está à espera que chegue no primeiro dia e comece a desenvolver o seu trabalho a 100%, há que conhecer e aprender alguns procedimentos da empresa (em geral) e da sua função (em particular). Antes de começar, obtenha o máximo de informação possível junto de colegas da empresa ou da sua área de atuação. Não hesite em pedir conselhos, dicas e pareceres. Poderá ser difícil assimilar toda a panóplia de informação que vai receber no primeiro dia mas deve fazer um esforço hércule para se manter atento a toda a informação que lhe será passada. E tome notas. Muitas!

Seja simpático

Fale pouco, escute muito, tome notas, coloque as suas questões, cumprimente as pessoas todas mas… seja simpático! Sorria sempre e seja amável nos seus relacionamentos. E nunca aproveite o primeiro dia para fazer queixas ou comentários negativos sobre os seus antigos colegas e chefes.

Memorize os nomes dos colegas

Dê particular atenção aos nomes dos colegas que lhe vão ser apresentados (se necessário escreva-os num bloco de notas) porque o facto de se lembrar dos nomes das pessoas que só lhe foram apresentadas, incluindo clientes, irá revelar o seu interesse quer pela empresa quer pela equipa.

Tenha atenção à sua postura

O facto de ir confiante é positivo mas se levar essa confiança ao extremo pode apresentar uma postura arrogante de chico-esperto. Mesmo que tenha a certeza que tem muito para oferecer, lembre-se que acabou de chegar e ainda não fez nada pela empresa. Não se esqueça que terá de provar o seu valor. Por isso, no primeiro dia reaja como se estivesse (ainda) na entrevista de emprego.

Tenha uma atitude positiva

Mesmo que o primeiro dia no novo emprego seja complicado, mesmo que as informações a assimilar sejam mais do que muitas, mesmo que os colegas sejam antipáticos e o chefe rezingão, mantenha o espírito positivo. Com o tempo vem a adaptação.

Hora de almoço

A hora de almoço é por vezes um momento delicado para um novo colaborador. Deve levar marmita, sair para almoçar com os colegas ou almoçar sozinho? O ideal é aguardar que alguém o convide para o almoço. Se a hora se aproximar e ninguém o tiver feito, tome a iniciativa e junte-se às pessoas mais simpáticas e solícitas com quem teve contacto pela manhã.

Evite a ansiedade

Deixe a ansiedade à porta assim que entrar na empresa para o seu primeiro dia de trabalho. Demonstrações de ansiedade só vão revelar fraqueza. Se se sentir muito tenso, antes de sair de casa faça uma pausa para um exercício. Se se sentir muito tenso já no local de trabalho, tente relaxar fazendo exercícios respiratórios. Vale tudo para se controlar.

Não seja implicativo

Não é boa ideia fazer-se passar por alguém que não é, mas pior ainda é mostrar o lado negro da sua personalidade no primeiro dia. Mesmo que sinta alguma frustração e desilusão, tenha calma e aceite o trabalho que lhe dão sem queixumes, mesmo que lhe pareça pouco relevante para o seu cargo e salário. Com o tempo acabará por ocupar o lugar que merece e desenvolver projetos mais exigentes por isso não há motivo para se aborrecer no primeiro dia.

Assuma os erros

Errar é humano. Se cometer algum erro logo no primeiro dia de trabalho (o que é perfeitamente desculpável), assuma. Não se justifique com desculpas e emende o erro assim que lhe seja possível para que possa admiti-lo aos seus colegas e/ou chefias mas já com soluções em vista para não voltar a comete-lo.

Atualize o seu perfil nas redes sociais

Atualize assim que possível o seu perfil nas redes sociais, nomeadamente LinkedIn (mas também Facebook e Twitter). Revele o seu novo emprego! Assim, começa desde logo a seguir as atualizações da nova empresa e dos novos colegas.

Ninguém disse que é simples o primeiro dia de trabalho num novo emprego mas também não tem de ser difícil. Se está nesta situação, releia os nossos conselhos e… boa sorte!

Print Friendly

About The Author

Sofia Santos

Licenciada, pós-graduada e mestre em Comunicação, exerce atualmente a atividade de Técnica de Marketing na PC.Clinic. Adora as estratégias online para difusão de marcas, produtos e serviços de empresas mas gosta mais ainda de as usar para ir ao encontro dos desejos e necessidades dos consumidores mais exigentes. Pelo meio não consegue largar a produção de conteúdos de qualquer género e em qualquer tipo de suporte. Para ela escrever é dançar com as letras. É brilhar, rodopiar, suar, cansar, aprender, rir e sonhar. Ir e voltar sem sair do lugar.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *