Métricas – Como Medir Resultados Marketing Online

Saiba tudo sobre métricas e como medir resultados marketing online

Se quer investir numa campanha de marketing online e rezar para obter resultados ou torcer para que a sorte esteja do seu lado, este artigo não é para si. É para os empresários cientes que uma campanha sem retorno é algo que não pode fazer parte das suas estratégias de marketing.

Porém, com recursos escassos, excesso de oferta e ambientes concorrenciais apertados convém lançar campanhas altamente rentabilizadas. E assim sendo, a capacidade de medir o desempenho e de justificar os investimentos tornou-se fundamental nos tempos que correm.

Mas o que são as métricas?

Métricas são sistemas de mensuração que quantificam uma tendência, comportamento ou variável de negócio, permitindo medir e avaliar o desempenho de qualquer ação de marketing.

Por que deve usar métricas?

Para sustentar as decisões estratégicas de marketing da sua empresa desde a formulação, passando pela execução e terminando na retificação. As suas análises permitirão retirar conclusões em várias áreas relevantes. As métricas podem medir desde o envolvimento gerado por uma campanha às compras em si. Ao usar métricas fica apto a desenvolver ações fundamentadas em bases quantitativas, a reagir rapidamente a diferentes cenários e a maximizar os recursos utilizados.

medir marketing online

Como começar?

Em primeiro lugar, deve determinar o que se quer medir e porque quer medir. Só assim pode escolher a métrica mais adequada ou adequar a campanha à métrica que mais lhe interessa.

Porque são importantes?

Como o mercado é cada vez mais volátil e não há formulas seguras, deve – pelo menos – recorrer ao auxílio de ferramentas que lhe permitam ficar em vantagem. As métricas são uma opção indiscutível porque dão uma variedade de indicadores que conferem à sua empresa uma maior segurança e visão interna e externa da sua posição atual e futura no mercado. Por exemplo, auxiliam nas tomadas de decisão e permitem detetar novas oportunidades e indicar o investimento necessário para as levar a cabo. Mas as métricas ajudam também a identificam os pontos fortes e fracos das campanhas, detetam falhas operacionais e diminuem o grau de incerteza em estratégias futuras.

Métricas que devem ser analisadas para qualquer campanha de marketing online

O marketing de conteúdo é eficaz para gerar e converter leads se acompanhar e medir os resultados corretamente. Esses resultados são importantes para assegurar o sucesso de futuras campanhas e melhorar continuamente o seu marketing de conteúdo. O problema agora é saber quais as métricas mais importantes e relacioná-las umas com as outras de forma a melhorar os resultados das suas ações de marketing. A lista em baixo pode ajudar.

1. Medir o tempo no site

O tempo que os visitantes ficam no site da sua empresa é um dos melhores indicadores de que estão ou não satisfeitos com o seu conteúdo. Regra geral, mais de metade dos visitantes de um site não demoram mais de 15 segundos por lá. E em 15 segundo, não há tempo para se gerar um lead. Logo, deve monitorizar o tempo que as pessoas permanecem no site de modo a verificar estratégias a ter em conta no futuro para convidar as pessoas a ficarem mais tempo.

2. Medir os visitantes únicos

É necessário medir o número de visitantes únicos do site da sua empresa (quantidade de pessoas que visitaram o site, independente da quantidade de vezes que o fizeram) e rastrear essa métrica para que, ao longo do tempo, consiga determinar se a sua campanha de marketing online está a funcionar corretamente. Mas tome precauções para não sobrecarregar esta métrica.

3. Medir os visitantes antigos

Ganhar visitantes a longo prazo é tão importante como o aumento de novos leads. Meça o número de visitantes que regressam ao seu site, também, só assim consegue perceber se a campanha de marketing online tem alcançando outros públicos.

4. Medir o total de leads

Qualquer campanha tem (também) o objetivo de alcançar novos leads. Use essa métrica quando está a rastrear o número de inscrições em formulários que recebeu, por exemplo para receber a newsletter, seja através do site, blog, rede social, evento, etc.

5. Medir leads orgânicos

Todos os leads são importantes mas uns são mais importantes do que outros. Leads gerados a partir do tráfego orgânico (referrals e medias) são mais rentáveis do que os leads pagos. Por isso, deve medir sempre a percentagem de leads que recebe de fontes orgânicas para garantir que a sua empresa está a tirar o máximo de partido desse meio.

6. Medir leads fechados

Os leads fechados permitem-lhe perceber se a sua estratégia de marketing de conteúdo foi bem executada e se os visitantes estiveram recetivos as suas mensagens, interagindo com elas. Fechou muitos leads? Ótimo! Prepare-se para novas conquistas.

7. Medir leads por palavras-chave

Para identificar quais as palavras-chave que deve usar para otimizar o site, deve medir o número de leads que cada palavra-chave gera.

8. Medir as palavras-chave

Sempre que publica uma informação no seu site, aumenta o número de palavras-chave que potencialmente podem ser encontradas. Ao mesmo tempo, quando melhora o SEO do material publicado, aumenta a probabilidade de aparecer nos resultados orgânicos dos motores de busca.

9. Medir a taxa de rejeição

A taxa de rejeição tem a ver com a percentagem de visitantes que entra no seu site mas de seguida clica em “voltar”, sem ver nem ler nada do que tem publicado. Uma baixa taxa de rejeição não é preocupante mas se o número for elevado, significa que as pessoas não estão interessadas no que está a oferecer ou que não encontraram o que queriam na sua empresa. É hora de reagir e rever a campanha de marketing online.

10. Medir a taxa de conversão

O sucesso de uma campanha baseia-se na correta definição de objetivos. Estes objetivos podem ser diversos (downloads, submissões de formulário, compras online, pedidos de contacto, etc) mas a análise desta métrica permite saber quais as ações que realmente convertem.

11. Medir inbound links

Para continuar a produzir bons conteúdos de marketing, deve medir os inbound links. Os inbound links são links feitos noutros sites que reencaminham para o site da sua empresa e que lhe permitem partilhar os seus conteúdos com outros públicos. Esta métrica também permite perceber como se posiciona dentro do seu nicho. Caso tenha registado um aumento no acesso ao seu conteúdo, a campanha que redireciona está a funcionar lindamente.

12. Medir a relação custo-benefício

Como sabe, os inbound leads vindos através de fontes orgânicas são mais baratos que leads gerados a partir de outro tipo de campanha. Porém, isso não significa que tenha leads gratuitos. Para determinar a relação custo-benefício desses leads, terá de calcular o custo da sua campanha de marketing em relação ao valor dos leads que pode gerar. Nesta análise leve em linha de conta os custos intangíveis, como o valor do tempo que foi gasto na criação do conteúdo ou das despesas gerais.

13. Medir o total de partilhas nas redes sociais

Uma parte do tráfego do seu site é impulsionada pelas redes sociais. Medindo as partilhas dos seus conteúdos na Internet determina que tipo de receção está a obter a sua informação. E também como a sua empresa se está a aproveitar desse novo tipo de tráfego. Meça o número de acessos que cada conteúdo tem e o número de visitantes que chegaram ao seu site a partir das redes sociais. Depois de o fazer, percebe quais os tipos de conteúdo que o seu público quer ver e quais as plataformas onde deve investir mais. Pode ainda analisar a interação com o seu conteúdo mesmo que o visitante se tenha interessado mas não tenha clicado nele. Também aqui consegue determinar, por exemplo, o tempo médio, tipos e número de interações.

14. Medir as visualizações de uma landing page

O tráfego total do site é uma métrica importante se ser analisada página a página. Verifique quais são as páginas que mais interessaram aos visitantes, nomeadamente aquelas onde eles tomaram algum tipo de decisão.

15. Medir as fontes de referência externa

Analise o tipo e a quantidade de sites externos que estão a dar acesso ao seu site. A identificação dessas páginas, particularmente se geram conversões, dão informações importantes sobre os canais onde deve concentrar os seus esforços.

16. Medir as fontes de referência interna

Analise ainda as páginas do seu próprio site que estão a gerar mais conversões e de particular atenção às páginas com baixo desempenho de forma a melhorá-las num futuro próximo.

17. Medir os comentários dos visitantes

Através dos comentários dos visitantes consegue perceber como é que o seu público se está a relacionar com a sua empresa, a sua marca ou o seu produto/serviço. Interessa não só o conteúdo dos comentários mas também o número de comentários. Quantos mais melhor! Só assim consegue aumentar o número de partilhas e conquistar a lealdade das pessoas.

18. Medir a CTR

A taxa de cliques, CTR, indica-lhe se a campanha é apelativa o suficiente para levar o utilizador ao clique. Se o valor de CTR for baixo, pode ter necessidade de redefinir a segmentação da sua campanha. É uma métrica muito simples de observar e por isso amplamente utilizada por técnicos de marketing. Porém, a solo não lhe dará indicações suficientes.

19. Medir o ROI

O ROI é o retorno sobre o investimento, ou seja, a relação entre a quantidade de dinheiro ganho ou perdido na campanha como resultado de um investimento. Ou seja, quanto ganhou versos quanto gastou. É o ROI que indica se o seu investimento foi o mais correto. Verifique online, qual o investimento efetuado em cada meio, localização e formato e qual o seu retorno. Não existem grandes suposições e os números são concretos.

20. Medir as receitas

Numa estratégia online é possível saber o valor real das receitas do seu site e qual a sua origem. Por isso, avalie as receitas diretas e indiretas que a sua campanha de marketing conseguiu gerar. Se atingiram ou superaram o planeado, ela foi bem-sucedida. Caso contrário, terá de ser ajustada.

Estas são apenas algumas métricas que pode utilizar – em simultâneo, de preferência – nas suas campanhas de marketing de conteúdo online de forma a perceber se está no caminho certo.

Print Friendly

About The Author

Sofia Santos

Licenciada, pós-graduada e mestre em Comunicação, exerce atualmente a atividade de Técnica de Marketing na PC.Clinic. Adora as estratégias online para difusão de marcas, produtos e serviços de empresas mas gosta mais ainda de as usar para ir ao encontro dos desejos e necessidades dos consumidores mais exigentes. Pelo meio não consegue largar a produção de conteúdos de qualquer género e em qualquer tipo de suporte. Para ela escrever é dançar com as letras. É brilhar, rodopiar, suar, cansar, aprender, rir e sonhar. Ir e voltar sem sair do lugar.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *