Como Fazer Mobile Marketing

Saiba como fazer mobile marketing

As plataformas móveis têm atraído cada vez mais anunciantes e o motivo é simples: os consumidores hoje em dia adoram obter informação através dos seus smartphones. Não há como contrariá-los. A ideia é que se junte a eles, pois com este panorama de crescimento, é óbvio que uma empresa deve posicionar-se também com uma estratégia de publicidade mobile. A estratégia vai depender de negócio para negócio, de público-alvo para público-alvo… mas as dúvidas das marcas que estão agora a começar são semelhantes e independentemente dos produtos ou serviços que vende, esta artigo pode ajudar!

Os consumidores são cada vez mais adeptos de pesquisas, consultas e compras através dos seus smartphone e tablets. Isto já levou a maioria das empresas a utilizar o email marketing como forma de se relacionar com seus clientes, adaptando as suas mensagens às plataformas móveis.

Estudos recentes revelam mesmo que grande parte dos consumidores gosta de receber avisos de promoções e anúncios diretamente pelo telefone e já o utilizaram para comprar produtos ou serviços com frequência. É a pensar neste potencial que os dispositivos móveis oferecem às ações de marketing, que vamos enumerar algumas sugestões para que não erre na hora de criar uma campanha mobile (de sucesso).

mobile marketing

1. Conheça o seu público-alvo

Em qualquer campanha, online ou offline, definir qual é o público-alvo é sempre o primeiro passo. Muitas empresas gastam dinheiro à toa em campanhas mobile antes de conhecerem o seu público-alvo e entenderem o que pretendem atingir. Não corra esse risco! Faça alguma investigação: perceba o que pretendem os seus clientes mobile, quais os que usam mais a sua aplicação e por que a usam e como pode satisfazer-lhes uma necessidade. Só depois poderá começar a trabalhar numa campanha mobile de sucesso que permita que o seu negócio cresça de forma bem-sucedida e constante.

2. Seja objetivo

A escolha do assunto também assume muita importância porque o primeiro contacto que o cliente vai ter com a sua campanha estabelecesse no assunto que se traduz no momento em que ele decide se o seu conteúdo é ou não interessante. No caso mobile, uma boa estratégia é utilizar no máximo 15 caracteres, para garantir que o cabeçalho seja lido integralmente no ecrã do smartphone. Além disso, deve escrever uma mensagem simples, objetiva e se possível criativa.

3. Escolha a melhor altura

Uma boa forma de criar e manter uma campanha de publicidade mobile de sucesso é fornecer um incentivo relevante para os utilizadores agirem de imediato, ou seja, deve garantir que o timing da campanha está em concordância com o período durante o qual o utilizador deve iniciar a ação. Há vários tipos de incentivos que pode usar: download gratuito de uma aplicação ou voucher virtual, por exemplo. O que importa no mobile, é dar ao utilizador o momento certo para interagir com a sua empresa.

4. Use uma call-to-action poderosa

A publicidade mobile é a mais eficaz para campanhas de resposta direta. Use chamadas para a ação, sendo que os três call-to-action mais eficazes são, normalmente, os vouchers de desconto, pagar 1 e receber 2 e ainda artigos grátis.

5. Inclua um número de telefone

Incluir numa campanha de publicidade mobile um número de telefone pode ser uma estratégia muito eficaz porque tudo o que um potencial cliente tem de fazer, se estiver interessado, é clicar no número de telefone no anúncio e gerar um lead no telefone da sua empresa. É simples para o utilizador e uma grande estratégia para a empresa que apenas tem de garantir que alguém de facto atende o telefone.

6. Utilize segmentação regional

Uma campanha de publicidade mobile tem mais sucesso se se segmentar por regiões (geotargeting) porque isso permite que a campanha seja mais relevante e evita desperdícios de impressões de anúncios, levando a um melhor alcance e a melhores estatísticas.

7. Fique atento às dimensões

Como o utilizador de Internet móvel não tem tempo a perder, as suas campanhas precisam de um design específico e direcionado. As mensagens precisam de ser mais objetivas e diretas, com textos curtos e poucas imagens, de modo que o principal objetivo da mensagem chegue aos utilizadores mal o email é aberto. Além disso, as mensagens curtas são lidas de uma só vez e isso é uma vantagem em campanhas mobile porque os utilizadores não costumam fazer scroll nos telefones, por isso, o mais indicado é utilizar um HMTL sem largura fixa, para que ele se ajuste de acordo com o tamanho do ecrã de cada dispositivo.

8. Aposte nos anúncios Rich Media

Com a crescente utilização nas novas campanhas em dispositivos móveis, o Rich Media é um recurso a aproveitar. Trata-se de um anúncio que contém imagens ou vídeos que envolvem algum tipo de interação por parte do utilizador e que podem ser 200% mais eficientes em comparação com os banners comuns. Isso porque os anúncios em Rich Media não são estáticos, movimentam-se e surpreendem o utilizador com objetos que surgem a partir de qualquer lado no ecrã do telefone. Além disso, a capacidade multimídia permite animação em 3D, o que aumenta a interatividade. É uma das melhores formas de chamar a atenção dos consumidores!

5. Analise os seus dados

Os dados da sua campanha vão ajudá-lo a compreender o que funcionou e o que não teve sucesso. Se estudar essas informações e fizer algumas correções, numa próxima campanha vai obter melhores resultados. Uma campanha sem medições, mesmo que tenha sucesso, nunca será uma campanha onde se tenha informação comprovada de que poderia haver melhorias. Estabeleça métricas, através do Analytics, por exemplo, e perceba como se comporta o seu utilizador.

Já tem as dicas. Já tem a ideia. Já tem o seu marketing a apostar em estratégias mobile, só falta mesmo enviar a campanha. Boa sorte!

Print Friendly

About The Author

Sofia Santos

Licenciada, pós-graduada e mestre em Comunicação, exerce atualmente a atividade de Técnica de Marketing na PC.Clinic. Adora as estratégias online para difusão de marcas, produtos e serviços de empresas mas gosta mais ainda de as usar para ir ao encontro dos desejos e necessidades dos consumidores mais exigentes. Pelo meio não consegue largar a produção de conteúdos de qualquer género e em qualquer tipo de suporte. Para ela escrever é dançar com as letras. É brilhar, rodopiar, suar, cansar, aprender, rir e sonhar. Ir e voltar sem sair do lugar.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *